Jane Fonda diz que começou quimioterapia para um câncer "tratável"

A atriz Jane Fonda em evento da série televisiva "Grace and Frankie", em Los Angeles. REUTERS/Mario Anzuoni/Arquivo

LOS ANGELES (Reuters) - A atriz norte-americana vencedora do Oscar Jane Fonda disse nesta sexta-feira que foi diagnosticada com uma forma "muito tratável" de linfoma, e que iniciou um tratamento de quimioterapia que terá duração de seis meses.

A atriz de 84 anos, que estrelou este ano a temporada final da série de comédia da Netflix "Grace and Frankie", divulgou seu diagnóstico de linfoma não-Hodgkin em uma publicação no Instagram.

"Este é um câncer muito tratável. 80% das pessoas sobrevivem, então me sinto com muita sorte", escreveu Fonda.

Ela também disse que se sente com sorte "pois tenho seguro de saúde e acesso aos melhores médicos e tratamentos".

"Eu percebo, e é doloroso, que sou privilegiada nisso", acrescentou.

Fonda trabalhou no cinema e na televisão por mais de seis décadas, ganhando Oscars por papéis nos filmes "Klute - O Passado Condena", de 1971, e "Amargo Regresso", de 1978. Seu mais novo filme, "Moving On", está programado para estrear no Festival de Cinema de Toronto este mês.

Fora das telas, Fonda defendeu várias causas e recentemente pressionou por políticas para conter as mudanças climáticas.

(Reportagem de Lisa Richwine)

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS PB