Jake Gyllenhaal negocia para interpretar herói de guerra em “Combat Control”

Catharina Dourado
·1 minuto de leitura
O ator também deve atuar como produtor executivo do projeto (WildBunch / Divulgação)
(WildBunch / Divulgação)

De acordo com informações divulgadas pelo Deadline nesta sexta-feira (19), Jake Gyllenhaal está negociando com o estúdio MGM para estrelar o filme “Combat Control”.

O projeto contará a história verídica de John Chapman, que é considerado um herói da Guerra do Afeganistão e foi condecorado com a Medalha de Honra. Ele era da equipe de combate da Força Aérea dos Estados Unidos e faleceu durante a batalha em março de 2002.

Quinze anos depois, a capitã da Força Aérea Cora Alexander recebeu a tarefa de investigar se Chapman era realmente digno da medalha. Apesar da falta de uma testemunha ocular das ações do militar e do mundo ultrassecreto que cerca as operações clandestinas, ela conseguiu revelar a história de Chapman para o mundo.

Atualmente, os produtores Jonathan Gray, Matthew Rhodes, Kristy Grisham, Ryan Cassells e Shelby Malone estão em busca de uma atriz para o papel de Alexander no filme. Gyllenhaal, além de interpretar Chapman, também deve atuar como produtor executivo.

Caso a participação do ator seja confirmada após as negociações, o projeto marcará sua segunda parceria com Rhodes. Os dois trabalharam juntos em “O Abutre” (2014), que rendeu indicações ao Oscar de Melhor Roteiro e ao Golden Globes de Melhor Ator em Filme de Drama.

Sam Hargrave será o diretor de “Combat Control”. Ele ficou popular depois de dirigir “Resgate”, filme de ação com Chris Hemsworth, para a Netflix.