Jada diz esperar que Will Smith e Chris Rock se 'curem' e 'reconciliem'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A atriz Jada Pinkett Smith, 50, esposa de Will Smith, disse esperar que seu marido e Chris Rock consigam se entender após Will ter dado um tapa em Chris durante o Oscar 2022.

"Sobre a noite do Oscar. Minha esperança mais profunda é que esses dois homens inteligentes e capazes tenham a oportunidade de se curar, conversar sobre isso e se reconciliar", disse Jade durante a abertura do programa "Red Table Talk" desta quarta-feira (1).

"Até então, Will e eu continuamos a fazer o que temos feito nos últimos 28 anos - e isso é continuar descobrindo essa coisa chamada vida juntos. Obrigado por ouvir", finalizou Jada.

O tapa

Will subiu no palco durante a premiação do Oscar após uma piada de Chris Rock. Ele citou o filme "GI Jane" e disse que Jade poderia fazer uma segunda edição do filme já que Demi Moore raspou o cabelo para o papel. Smith não gostou por Jada ter alopecia, uma condição que leva a queda capilar.

"Mantenha o nome da minha esposa fora da p*** da sua boca", afirmou Smith logo após a agressão.

Dias depois, Will, que havia anunciado a saída da Academia, foi suspenso por dez anos. O ator chegou a pedir desculpas antes de receber a punição.

Em sua piada, Chris Rock comparou Jada Pinkett Smith à personagem de Demi Moore em "Até o Limite da Honra", porque as duas têm a cabeça raspada. Jada sofre de alopecia, condição que causa queda capilar. Ela decidiu raspar os cabelos em 2021, após anos escondendo as falhas com lenços e turbantes.

Em seu pedido de desculpas, Will Smith afirma: "Piadas sobre mim são parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada foi demais para mim, e eu reagi emocionalmente".

Essa não foi a primeira vez que Jada foi alvo de piadas ofensivas de Chris Rock: no Oscar de 2016, ele foi apresentador da cerimônia e ela ela foi um dos artistas que boicotaram a premiação em protesto contra a falta de diversidade na Academia.

Em seu monólogo, ele a citou: "Ela não é da televisão? Jada boicotar o Oscar é como eu boicotar a calcinha da Rihanna. Eu não fui convidado", disse o comediante, que também já se envolveu em polêmicas por piadas com outras pessoas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos