Jackie Chan revela que quer fazer mais papéis dramáticos nos próximos anos de carreira

(Imagem: divulgação STX)

Jackie Chan completou 63 anos em abril, mas ainda tem muitos planos para seu futuro como ator. Numa demonstração de que não está disposto a se acomodar na carreira, o astro falou sobre o desejo de assumir papéis mais profundos daqui para a frente, em entrevista à Entertainment Weekly.

“Não sou mais jovem. Se eu ainda quiser continuar fazendo filmes, eu tenho que ser com a versão asiática do De Niro, do Dustin Hoffman ou do Clint Eastwood, que aos 80 anos ainda podem ser atores. Então é por isso que estou dizendo que tenho que mudar”, declarou, com sinceridade.

“Eu acredito que, depois desses anos, o público entenderá que Jackie Chan é um ator e não é apenas uma apenas estrela de ação, uma estrela do kung fu. Hoje eu ainda estou trabalhando em filmes de ação, e não é fácil, mas se eu quiser continuar fazendo filmes, tenho que mudar.”

Atualmente, o ator trabalha no lançamento de ‘The Foreigner’, filme no qual faz um sujeito comum que busca justiça após a filha ser vítima de um atentado terrorista em Londres. “Fazer este filme foi uma oportunidade de falar sobre paz. Nós todos precisamos de paz, para construir um mundo pacífico e viver uma vida pacífica”, disse ainda, lembrando dos recentes ataques em Manchester e outras cidades da Europa.

Perguntado novamente sobre os planos para os próximos anos, Chan se mostrou empolgado para atuar em diversas áreas: “Espero que todo ano eu possa fazer filmes diferentes e coisas diferentes, talvez dublar mais animações, ou fazer filmes nos quais você me veja fazendo algo que nunca me viu tentar antes”, projetou. “E quero continuar cantando [ele tem vários discos gravados, que são sucesso de vendas na Ásia]. Tudo para demonstrar que posso fazer mais. Espero que quanto mais você me veja, mais entenda que sou capaz de fazer várias coisas”.