Júri dá vitória à família Kardashian em julgamento com Blac Chyna

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O júri chegou a um veredito no processo por difamação movido pela maquiadora Angela White, mais conhecida como Blac Chyna, 33, contra a família Kardashian-Jenner, dando vitória para as socialites. As informações são do site Variety.

A família saiu do processo sem danos concedidos a Chyna. O júri considerou que nenhuma das irmãs difamou Chyna, ou interferiu com seu contrato no canal E!. O processo começou em 2017, após a separação de Chyna e Rob Kardashian.

A maquiadora alegava que a família Kardashian tinha arruinado sua carreira na TV, por falarem que ela havia atacado violentamente Rob. Porém, no julgamento, tanto a família quanto os executivos do canal E! afirmaram que a série nunca havia sido aprovada para uma segunda temporada.

Além disso, pouco antes da decisão sobre o programa ser anunciada, Rob chegou a vazar fotos íntimas de Chyna nas redes sociais. Desde então, ela acusou o incidente como "pornografia de vingança", e pontuou que a influência da família de Rob no E!, levou ao fim abrupto do programa.

O julgamento durou 10 dias e o júri chegou a considerar que "muitas vezes as Kardashians agiram de má fé sobre as questões levantadas no caso". Mensagens de texto e e-mails foram mostrados como evidência em que as Kardashians falavam negativamente sobre Chyna e diziam ao E! para cessar "Keeping Up With the Kardashians", caso Chyna estivesse envolvida.

Uma mensagem de Khloé Kardashian dizia: "Estamos até considerando não avançar com nosso show se o deles continuar, sentimos que isso é prejudicial para nossa família". No entanto, quando Kris Jenner testemunhou, ela disse que não tinha o poder de influenciar o canal em qualquer cancelamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos