Izael Caldeira, músico do Demônios da Garoa, morre de covid-19

·1 minuto de leitura
O artista de 79 anos estava internado em São Paulo desde o início de fevereiro (Foto: Reprodução/Facebook)
O artista de 79 anos estava internado em São Paulo desde o início de fevereiro (Foto: Reprodução/Facebook)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O músico Izael Caldeira, 79, integrante do grupo Demônios da Garoa, morreu no final da noite de segunda-feira (15) por causa da covid-19. Ele estava internado em São Paulo desde 4 de fevereiro. A notícia foi confirmada pela própria banda.

"É com profunda tristeza e com nossos corações completamente apertados que comunicamos a todos o falecimento do nosso amado irmão Izael. Ainda sem acreditar que perdemos uma das vozes mais lindas desse país, um ser humano ímpar e que vai deixar muitas, mas muitas saudades", diz trecho da nota oficial divulgada pelas redes sociais. 

Leia também

"Que Deus em sua infinita bondade possa confortar o coração de todos os familiares, amigos e fãs. Descanse em paz", finaliza a nota que ainda cita um trecho de uma música gravada pelo músico. "Se todos fossem iguais a você, que maravilha viver". 

No grupo desde 1999 cantando e tocando timbal, Izael comemorou 79 anos no último dia 27 de janeiro. O músico não era integrante da formação inicial da banda. São 78 anos de história que passam de gerações em gerações. 

O sepultamento está programado para acontecer no cemitério Parque dos Pinheiros, na zona norte de São Paulo. Ele deixa mulher, cinco filhos, nove netos e um bisneto.