Israel e Rodolffo celebram música mais tocada do ano e já têm 200 shows para 2022

·3 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ano de 2021 foi o melhor da história de 26 anos da dupla Israel e Rodolffo. Foi nessa temporada que os sertanejos finalmente se consolidaram no cenário musical, conseguiram levar suas músicas a todas as regiões brasileiras e tiveram grande destaque.

Além do talento e das canções que ficam na cabeça, os músicos contaram com um bom desempenho de Rodolffo na casa do Big Brother Brasil 21 (Globo). A participação do sertanejo no reality alavancou a música "Batom de Cereja", que se tornou a mais tocada em todas as plataformas de streaming em 2021.

"Após o BBB, nosso nome foi mostrado para a grande massa do país e fomos a lugares que nunca havíamos ido antes, conversado com pessoas que nunca tínhamos tido acesso e ganhado prêmios novos. Sempre trabalhamos para chegar nesse patamar e continuar nele", explica Israel em papo com a Folha de S.Paulo.

Para se ter uma ideia da dimensão do sucesso, "Batom de Cereja" teve quase 200 milhões de plays no aplicativo de música Spotify. O segundo lugar foi o hit "Faz Amor Comigo Só Hoje", com 83 milhões de acessos. O álbum "Aqui e Agora" foi o quinto mais ouvido de toda a plataforma.

No Deezer, os números são semelhantes e "Batom" segue como top 1 de mais executada em 2021. No aplicativo eles contam com mais de um milhão de fãs, incluindo alguns dos Estados Unidos e da Irlanda.

"Estamos muito felizes com tudo o que está acontecendo. É um álbum maravilhoso e importante na construção da nossa carreira. Lutamos para nos consolidar e mostrar nosso nome. Agora é só comemorar", celebra Israel.

Segundo ele, as mudanças na vida da dupla já eram esperadas. "Estamos conquistando espaço devagarinho. O país consome muita música. Estamos descobrindo coisas novas apesar do grande tempo de carreira. Muito bom viver isso tudo agora", complementa.

Não bastasse tudo isso, o clipe de "Batom de Cereja" é o mais assistido também do YouTube com mais de 370 milhões de acessos em dez meses. No início de dezembro, os cantores foram os maiores premiados da 28ª edição do Prêmio Multishow 2021 com dois troféus: Melhor Dupla e Hit do Ano.

É por tudo isso que Israel e Rodolffo não pensam em desacelerar. Apear do grande sucesso em 2021, o ano não os possibilitou viajar pelo Brasil para fazer apresentações por causa da pandemia. Só nas últimas semanas de dezembro que eles têm aproveitado a maior abertura para eventos.

"Os shows já estão voltando com tudo, e nossa agenda já está cheia até o final de 2022. Temos quase 200 shows a fazer no próximo ano. Antes [de a dupla explodir] fazíamos umas 12 apresentações mensais e agora faremos entre 20 e 25. Estamos com energia total e sangue no olho para viajar", emenda Israel.

A dupla acaba de gravar o DVD "Ao Vivo em Brasília" e lançou um EP com as primeiras cinco músicas, de um total de 18. A ideia deles é se apresentar pelo Brasil para recuperar o tempo perdido. "2022 vai ser ainda melhor do que 2021", almeja Israel. O DVD contou com a participação da vencedora do BBB 21, Juliette Freire.

E nem mesmo as críticas de algumas pessoas pelo tom da música "Dar uma Namorada" têm atrapalhado os planos dos músicos. Uma psicanalista opinou que a canção faria apologia ao estupro e, na ocasião, Rodolffo rebateu ao dizer que a letra era para homens e mulheres cantarem e que não havia nenhuma apologia.

Israel tem a mesma opinião. "A gente não iria gravar música que tivesse um sinal de algo errado, algum tipo de preconceito ou coisa macabra. Quem fez o comentário quis aparecer. A música tem mais de 10 milhões de views, passou por várias audições. Se uma pessoa antes tivesse citado que ela dava a entender algo ruim, não teríamos feito. Não tem nada a ver", encerra.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos