Isabella Scherer teve diagnóstico de pré-eclâmpsia horas antes do parto dos filhos gêmeos

Isabella Scherer revelou ter sido diagnosticada com pré-eclâmpsia (pressão alta) pouco antes de dar à luz os gêmeos Mel e Bento, e que sua bolsa estourou assim que deu entrada no centro cirúrgico. Namorada do modelo Rodrigo Calazans, com quem se relaciona há um ano, a influencer havia classificado o parto como "loucura".

"Eu queria parto vaginal, mas tinha uma questão de posicionamento dos bebês e a diferença de tamanho deles que era bem grande. A Mel era a primeira, estava pélvica e muito pequena, então não era uma opção segura", explicou a filha do ex-nadador Fernando Scherer, o Xuxa.

"Acabamos optando pela cesárea porque na madrugada de domingo para segunda eu passei bem mal, fui para o hospital com vômitos, enjoo, mal estar, fiz vários exames e fui diagnosticada com pré-eclâmpsia, sendo que havia feito esses mesmos exames na sexta-feira e tinha dado tudo certo", completou a nova mamãe à revista "Vogue".

O que é a pré-eclâmpsia?

De forma resumida, a pré-eclâmpsia é diagnosticada quando a gestante apresenta hipertensão arterial ou aumento da pressão já elevada, surgindo a partir da 20ª semana de gravidez. Além disso, a pré-eclâmpsia está ligada a um excesso de proteína na urina.

Caso a grávida não seja tratada, pode haver quadro de convulsões ou os órgãos apresentarem danos. Inchaço nas mãos, dedos superiores, pés e/ ou pescoço também são vistos. O bebê tem chance de se desprender da placenta e nascer antes da hora. Após o nascimento, problemas podem ser observados. Nesses casos, um tratamento é a aplicação venosa de sulfato de magnésio.

Veja mais

Veja também

Gêmeos vão nascer? Grávida, Isabella Scherer vai parar em hospital após contrações. Entenda!
As primeiras fotos dos gêmeos de Isabella Scherer vão derreter seu coração!
Isabella Scherer surge em vídeo após dar à luz gêmeos e classifica parto como 'loucura': 'Fiquei bem mal'