Irmã de Brandon Lee e artistas lamentam morte de diretora em set

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Artistas e pessoas envolvidas com o mundo do cinema se manifestaram a respeito da morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, após ela receber um tiro do ator Alec Baldwin, 63, no set de filmagem do longa "Rust".

Dentre eles a irmã de Brandon Lee, filho de Bruce Lee, que morreu de maneira parecida durante gravações do filme "O Corvo", nos anos 1990.

"Nossos corações estão com a família de Halyna Hutchins e Joel Souza e todos os envolvidos no incidente em 'Rust'. Ninguém deveria ser morto por uma arma em um set de filmagem. Ponto", destacou ela.

O amigo de Halyna, Joe Manganiello, se disse chocado. "Um talento incrível e uma ótima pessoa. Eu não posso acreditar que isso possa acontecer nos dias de hoje. Que tragédia horrível. Meu coração está com a família dela", postou.

O ator Elijah Wood desejou força aos familiares. "Notícias absolutamente horríveis e devastadoras sobre a cineasta Halyna Hutchins. Meu coração está com sua família", publicou.

O ator e diretor James Gunn publicou uma mensagem lamentando o caso e afirmando que sempre tomou cuidado para que casos assim não ocorram.

"Meu maior medo é que alguém se machuque fatalmente em um dos meus sets. Eu rezo para que isso nunca aconteça. Meu coração está com todos aqueles afetados pela tragédia de hoje em 'Rust', especialmente Halyna Hutchins e sua família".

A atriz Debra Messing saiu em defesa de Alec Baldwin. "Alec Baldwin mata pessoa com arma, investigação criminal em andamento: Absolutamente não. Uma arma auxiliar foi entregue a ele. Ele o usou na cena. Então, um evento catastrófico aconteceu no qual Halyna Hutchins perdeu a vida e Joel Souza ficou ferido", escreveu.

A atriz Patrícia Arquette disse que se sente tonta com essa história devastadora. "Estou até tonta com esta notícia. É insuportável, tão horrível e triste. Este é o pior medo de todos os atores. Meu coração está com todos".

A atriz e componente do mesmo filme "Rust" Frances Fisher já havia publicado seu relato e condolências. "Descanse no paraíso. Eu amo assistir ao seu trabalho. Seu intenso e vibrante trabalho".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos