Ireland Baldwin revela ter sido estuprada na adolescência: 'Estava completamente inconsciente'

Ireland Baldwin credit:Bang Showbiz
Ireland Baldwin credit:Bang Showbiz

Ireland Baldwin revelou ter sido estuprada enquanto estava "completamente inconsciente" durante a adolescência.

A modelo, agora com 26 anos, manteve a experiência traumática em segredo por anos, porém decidiu falar abertamente sobre o que aconteceu após a Suprema Corte dos Estados Unidos reverter uma decisão de 1973 que reconhecia o aborto como um direito constitucional.

"Só estou compartilhando minha história agora porque quero que outras mulheres se sintam apoiadas e amadas, quer elas desejem contar sua própria história ou não. Não estou aqui para contar essa história hoje, mas fui estuprada na adolescência e estava completamente inconsciente quando aconteceu, e isso mudou o curso da minha vida. Eu não contei a ninguém na época, não falei nada por anos. A única pessoa que sabia era uma enfermeira que cuidou de mim logo depois do abuso. Eu não contei sequer ao meu então namorado. Nem aos meus pais. Ninguém", começou a modelo.

"Passei a beber mais, a fazer mais farra, e a me automedicar. Vivi outros relacionamentos e amizades abusivos e tóxicos. Eu praticamente fiz o possível para me distrair", acrescentou ela.

Ireland afirma que se inspirou a desabafar após ouvir relatos de mulheres destemidas que narraram suas próprias experiências na web.

"Ver tantas outras mulheres corajosas compartilhando suas histórias me fez pensar em como minha vida teria sido se eu tivesse engravidado e se eu tivesse que criar um bebê em meio ao que eu estava enfrentando na época. É importante salientar que eu tenho acesso a planos de saúde, dinheiro e o apoio que muitas mulheres não têm. Mas teria sido simplesmente traumatizante e impossível", apontou ela.

Ainda no relato publicado em sua conta no TikTok, Ireland - que é filha do ator Alec Baldwin e da atriz Kim Basinger -, admitiu ter feito um aborto em um outro momento de sua vida.

"Em outro ponto, eu tinha um namorado e engravidei. Naquele momento, eu diria que estávamos muito infelizes juntos. E ele deixou bastante claro que nunca quis filhos ou casamento. Ele não queria sequer estar em um relacionamento sério. Escolhi fazer um aborto porque sei bem o que é ser fruto de duas pessoas que se odeiam. Eu poderia ter tido aquele bebê e feito a entrega para adoção? Talvez. Talvez não. Mas escolher criar um bebê sem minha própria estabilidade financeira, sem um parceiro amoroso e solidário, não funcionaria para mim. Eu me escolhi, e me escolheria novamente. A vida é sua, a escolha é sua", finalizou a modelo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos