Investidor Griffin compra exemplar raro da Constituição dos EUA por US$43,2 mi em leilão da Sotheby's

·1 min de leitura
Copia da Constituição dos EUA vendida em leilão por 43,2 milhões de dólares

NOVA YORK (Reuters) - O investidor bilionário Kenneth Griffin superou o lance de um grupo de criptomoeda online para comprar uma cópia da primeira edição da Constituição dos Estados Unidos por 43,2 milhões de dólares na Sotheby's, na quinta-feira, afirmaram a casa de leilões e um porta-voz de Griffin na sexta.

O martelo desceu após uma batalha de lances de oito minutos e estabeleceu um recorde mundial de leilão para qualquer livro, manuscrito, documento histórico ou texto impresso, disse a Sotheby's.

Griffin, que fundou a firma de investimento Citadel de 43 bilhões de dólares, é um colecionador de arte proeminente e planeja emprestar a obra ao Museu de Arte Americana de Crystal Bridges, em Bentonville, Arkansas, onde estará em exibição.

"A Constituição dos EUA é um documento sagrado que consagra os direitos de todos os norte-americanos e daqueles que aspiram a ser", disse Griffin em um comunicado. "É por isso que pretendo garantir que esta cópia de nossa Constituição esteja disponível a todos os norte-americanos e visitantes para verem e apreciarem em nossos museus e outros espaços públicos."

(Por Svea Herbst-Bayliss e Alun John)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos