Intervenção artística muda paisagem em estação da CPTM na zona oeste de SP

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os passageiros que passam pela estação Lapa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) podem dar uma parada na correria diária, desde o último dia 8, para observar uma instalação artística de 32 metros, com 16 painéis produzidos com materiais têxteis, no acesso às linhas 7-rubi e 8-diamente, na zona oeste paulistana.

A obra, feita com a técnica manual do ponto cruz e que permanecerá na calçada de acesso à estação até 8 de agosto, busca despertar do olhar para as sensações dos pedestres "como inspirar e expirar, cujas importâncias se reforçaram ainda mais durante a pandemia", de acordo com a proposta da autora, a artista Sarah Lopes.

"Achei bonita, colorida. Isso alegra o dia das pessoas", afirmou a violinista Leonela Rodriguez Perdona, 24 anos.

Natural de Cuba, ela passou pela estação da Lapa, nesta terça-feira (13), pois precisou ir à Polícia Federal para renovar seus documentos de exilada no Brasil.

Ela também destacou a mensagem contida na instalação. "Nestes tempos de Covid-19, conseguir respirar é uma dádiva."

Em seus 32 metros de comprimento, por um 1 metro de altura, a instalação é dividida em 16 painéis diferentes, segundo a CPTM.

A obra integra o projeto MAR (Museu Arte de Rua), da Secretaria Municipal da Cultura, que pretende trazer para as ruas de várias regiões da capital paulista, ainda neste ano, cerca de 100 obras como murais, grafites, fotografia, colagem e lam-lambe, entre outros.

Serviço Instalação Expositiva Têxtil Inspira Expira

De 08/07 a 08/08/2021

Local: Gradil da estação Lapa - linha 8-Diamante, em frente ao Mercado Municipal da Lapa, na rua John Harrison, na Lapa (zona oeste)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos