Mion discreto, engajamento e participantes: as novidades do reality 'A Fazenda'

Foto: Divulgação

A 11ª edição do reality ‘A Fazenda’ está chegando! Nesta quinta-feira (12), o apresentador Marcos Mion e o diretor Rodrigo Carelli receberam a imprensa na sede do programa, em Itapecerica da Serra, para contar as novidades.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Mesmo sem revelar a lista com os nomes dos participantes, Carelli adiantou que os 16 peões confirmados, sendo 8 homens e 8 mulheres, têm de 20 a 50 anos de idade. Entre eles, o público pode esperar um digital influencer.

“Antes a gente procurava aquelas profissões clássicas. Um ator, um atleta. Agora a gente busca celebridades que podem ser famosas por causa das redes sociais, por terem vivido algo inusitado ou até por terem dito algo na internet”, garantiu o diretor do núcleo de realities da emissora.

Leia também

Nos bastidores, ouvimos falar sobre a ex-Power Couple Drika Marinho, que se destacou no reality de casais da Record e se envolveu em uma polêmica das grandes ao descobrir uma traição do marido. Quem também está na boca do povo e só precisaria de uma autorização para confirmar sua participação no programa rural seria o ícone Inês Brasil.

Sobre os participantes escolhidos, Mion diz que o público pode se surpreender mesmo que não curta algum nome logo de cara. No ano passado, por exemplo, o apresentador não botou fé quando viu Nadja Pessoa na lista.

“Lembro que a Nadja tinha acabado de fazer o ‘Power’ com o DBlack e questionei a participação dela aqui. Falei que ela estaria sem o marido e não ia funcionar, que ela era engraçada com ele e que não seria aquela mesma mulher do ‘Power’, mas paguei a língua”, afirma o apresentador.

Segundo ele, depois dessa experiência deu para entender que a equipe da Record faz um bom trabalho na seleção dos peões. Para Mion, todo mundo têm um motivo para estar ali. “Existe um processo vertical na formação do elenco. Essas pessoas passam por várias entrevistas”, defende.

Um novo Mion

Embora tenha arrasado em sua estreia no reality, Marcos Mion já pensou em algumas mudanças para a temporada atual. O apresentador pretende ser mais cauteloso, por exemplo, em alguns comentários e expressões daqui pra frente.

“As pessoas se apegam, usam qualquer coisa para falar que foi armado, mas não tem como armar nada. As provas começam a ser montadas antes de a gente saber quem vai fazer”, afirma o apresentador.

Assim que foi contratado para comandar o reality, Mion afirma que Carelli conversou sobre essa repercussão com ele, mas o artista não deu muita atenção. “Estou em todas as redes sociais desde quando elas começaram e achava que já sabia de tudo, que sabia me virar com isso há anos”, conta ele.

Com o programa no ar, Mion afirma que sentiu na pele a responsabilidade e percebeu que apresentar um reality é mais difícil do que se imagina. “O Carelli falou para eu ter calma porque senti que é uma insanidade. Os números multiplicam. As pessoas estão comentando, curtindo. As opiniões são muito diferentes”, recorda.

Foco nas redes

Se no ano passado ‘A Fazenda’ foi a mais conectada e até Mion sentiu o peso disso, esse ano o reality promete surpreender. Rodrigo Carelli quer dar ainda mais poder ao público por meio de enquetes que definam o futuro do jogo no r7.

Pesando em engajamento, a Record também contratou Lucas Salles, humorista e ex-participante do ‘Power Couple’. O jovem de 26 anos usará suas piadas e o jeito leve de se comunicar para comandar as lives do programa, fazer chamadas durante a programação da emissora e criar quadros nas redes sociais.

Lucas assume o lugar de Flávia Viana, que brilhou como repórter da edição passada e trabalhou nos bastidores do ‘Power Couple’. A vencedora da 9ª edição da ‘Fazenda’ não teria deixado o trabalho chateada ou com algum problema. Nos bastidores, fala-se muito sobre renovação e aposta em novos talentos.

Dinâmica do jogo

A princípio, a dinâmica da ‘Fazenda’ continua a mesma. A Record ainda faz mistério sobre algumas novidades, mas Mion deixa escapar que “pegadinhas e viradas” pensadas para a temporada passada entrarão em ação agora. Segundo ele, a décima edição do programa foi um termômetro nas redes sociais.

“A gente experimentou muitas coisas no ano passado, mas esse ano a gente já tem mais propriedade de saber como seguir, o que funcionou e o que não funcionou”, conta o apresentador.

Além de uma surpresa para o meio do jogo, o famoso “plot twist”, Carelli e Mion já adiantam que a baia terá uma função especial ao longo da temporada. “A baia será mais importante, terá um protagonismo. O público gosta muito de assistir por causa desse contraste com a casa. É bem raiz, no meio dos bichos”, valoriza o diretor.

A transmissão 24h no PlayPlus, uma dúvida dos assinantes da plataforma de streaming, continua no mesmo esquema do ano passado. Infelizmente, a Record não pensa em liberar a possibilidade de o público mudar as câmeras durante a transmissão, ferramenta disponível no Globoplay com o ‘BBB’ há anos.

Já sobre como será feita a entrada dos participantes, uma reclamação dos internautas nas últimas temporadas, a logística segue em segredo. Para muitos, o público precisa de algo a mais que “olhos vendados”. Os peões chegando de carro seria mais interessante, mas Carelli não garante. “Cada entrada a gente faz de um jeito. Essa vocês só vão ver no dia 17”, despista ele.