Instituto de Arte Contemporânea promove leilão nesta segunda-feira

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Instituto de Arte Contemporânea promove, nesta segunda-feira (26), às 20h, um leilão para arcar com os custos da mudança do instituto para uma sede própria, na Consolação.

Obras de cerca 40 artistas, como Arthur Luiz Piza, Antonio Gomide, Carlos Zilio e Carmela Gross foram doadas por colecionadores, artistas e galerias. A ideia é que o evento cubra gastos como o transporte do acervo, cofres, segurança e outros. 

Fundado em 1997 por Raquel Arnaud, o espaço guarda 46 mil documentos digitalizados e espera triplicar o volume com a mudança para a nova sede, prevista para outubro.

Acervos de Jorge Wilheim, Ivan Serpa, Carmela Gross, Rubem Ludolf, Antonio Dias serão somados aos já existentes, que incluem Amilcar de Castro, Hermelindo Fiamingui e Iole de Freitas.

INSTITUTO DE ARTE CONTEMPORÂNEA

ONDE Av. Dr. Arnaldo, 126, Consolação

QUANDO Seg. (26), às 20h. Exposição a partir de 12h.