Instalação no Museu da Imigração reflete sobre efeitos da pandemia

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Montada no jardim do Museu da Imigração, em São Paulo, a instalação "Respiro" usa materiais simples, como espelho e madeira, para refletir sobre a solidão, o medo, o luto e a comunicação digital, entre outras questões, em tempos de pandemia de Covid-19. Criada pela própria equipe do museu, a instalação pode ser visitada pelo público até 30 de dezembro deste ano. Outra atração temporária do museu é "SobreNomes", uma instalação criada com a contribuição do público, com mais de 1.600 sobrenomes de diferentes origens. Fica aberta à visitação até 17 de janeiro de 2021. O Museu da Imigração está localizado na rua Visconde de Parnaíba, 1316, no bairro da Mooca. Fica próximo da estação de metrô Bresser-Mooca. Fica aberto de quarta a domingo, das 11h às 17h (bilheteria fecha às 16h); adultos pagam R$ 10, e estudantes e idosos, R$ 5.