Inspirada em artistas internacionais, Larissa Manoela não quer escolher entre cantar e atuar

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Larissa Manoela está de single novo! (Foto: Raphael Mateo)
Larissa Manoela está de single novo! (Foto: Raphael Mateo)

Larissa Manoela lança nesta quinta-feira, às 18h, o single "Me Deixa a Milhão", que marca o seu retorno para a carreira musical após uma longa pausa. A artista, que está gravando sua primeira novela na Globo, garante que não vai mais abandonar a música. O objetivo de Lari a partir de agora é conciliar as duas frentes de trabalho e quebrar tabus no Brasil, provando ser uma artista completa.

"Um dos meus maiores sonhos é fazer as pessoas darem ouvidos para a Larissa que também canta. Lá fora a gente tem varias inspirações, muitos artistas cantam e dançam. Quem está na música pode atuar e quem atua pode cantar. A gente vê muito isso em musical. No Brasil, uma das minhas referências é a Cláudia Raia, que é uma excelente atriz, bailarina, cantora e mãe", elogia a jovem.

Leia também:

Segundo Larissa, artistas brasileiros, ao contrário dos norte-americanos, ainda são pressionados para escolherem entre a música e a atuação. Ela acredita que a mídia alimenta a ideia de que só é bom quem foca em uma das áreas, o que de fato é relativo e não pode ser considerado como verdade absoluta.

"Quero fazer com que o público entenda que a gente pode ser o que a gente quiser ser. O Brasil ainda tem um pouco de dificuldade de aceitar isso. Lá fora todo mundo faz de tudo e eles acolhem. As pessoas precisam dar credibilidade e ouvidos para quem faz as duas coisas de forma comprometida. Quero muito conquistar um lugar na música", desabafa.

Eclética e com o sonho de um dia ganhar o Grammy, Lari revela beber na fonte de vários cantores pop. "Tudo que faço é ouvindo música. Selena Gomez é uma artista completa, ela também cresceu nesse meio e eu acabo me identificando. Além dela, sou fã da Ariana Grande, do Justin Bieber, da Camila Cabello", afirma, empolgada.

De olho na nova geração de cantores, Larissa confessa que um dos planos para o seu futuro próximo é gravar com artistas jovens. Giulia Be e Clarissa, por exemplo, estão no radar da atriz, que também quer se arriscar em outros estilos e ritmos.  

"Me Deixa a Milhão"

Larissa quis mostrar mais da sua personalidade na música que marca o retorno para a área. Segundo ela, o projeto surgiu antes da pandemia, mas o tempo em isolamento serviu para amadurecer e inserir novos elementos no clipe do single.

"Fui trocando ideias e referências com a minha equipe, um pouco do que já curtia e da minha personalidade, como eu tinha vontade de me expressar. Criamos juntos e pensamos em coisas que seriam interessantes para o público. Fiquei mais próxima dos fãs com as caixinhas de perguntas, lives, tuítes. Fui colhendo para ver o que eles tinham vontade de ver", explica.

Detalhista e exigente com seu trabalho, Lari acredita que a palavra "evolução" define o lançamento. Ela espera que os fãs se surpreendam e enxerguem essa menina que virou mulher e ainda está se conhecendo, entendendo a fase adulta.

"A gente nunca tá 100% pronto. Todo dia a gente aprende alguma coisa. Gosto de olhar com orgulho para trás e sentir friozinho na barriga com o que vem pela frente. Cheguei em um lugar que me sinto segura e ao mesmo tempo não paro de me descobrir e me surpreender. Isso faz a gente se sentir vivo", resume.

Mais ousada

Mesmo se preocupando com os fãs mais novos, Larissa Manoela não deixou a sensualidade de fora do clipe de "Me Deixa a Milhão". A atriz, que conta com a mãe para ajudar a filtrar e entender até onde ela pode ir, confessa que evitou o rosa e investiu em roupas diferentes, exclusivas para o trabalho musical.

"É legal se olhar no espelho e se achar... descobrir esses outros lados. Não sou mais uma criança. Estou prestes a completar 21 anos", diz ela, que não se vê mais como uma menina. "[A sensualidade] é um lugar novo para outras pessoas, mas para mim já faz parte há muito tempo. Todo dia eu tiro foto, faço carão, me olho no espelho e falo 'você pode'. É bom trazer isso para o trabalho. Ser sensual não é só uma pose para foto. Está nas atitudes, na forma de andar, nas roupas", completa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos