Ingrid Guimarães fumou maconha aos 15 anos e contou experiência em texto de teatro

Ingrid Guimarães em divulgação do filme ‘De Pernas para o Ar 3’ (Foto: Divulgação)

Muitos autores se inspiram em suas própria experiências para escrever histórias. Ingrid Guimarães, atriz e roteirista, costuma fazer isso. Em um bate-papo no canal do YouTube de Giovanna Ewbank, a artista contou que descobriu esse caminho ainda no início da carreira, quando fazia parte do elenco de “Confissões de Adolescente“.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Na época, a atriz conta que revelou um “segredo” para Domingos de Oliveira e ele a incentivou a escrever sobre o caso para inserir a cena na peça de teatro. “Fumei maconha com 15 anos e saí com uma toalha na cabeça. O Domingos falou que essa cena, do jeito que estava escrita, ia para a peça. Ele falou ‘Ingrid, faça das suas esquetes o seu mundo’. Foi aí que comecei a escrever”, diz ela.

No filme “De Pernas para o Ar 3“, por exemplo, Ingrid assina o roteiro e se alegra de ter contribuído com histórias vividas por ela e que aparentemente não são tão legais, mas podem ser discutidas de forma leve por meio do humor em uma obra de ficção.

“As mães das escolas dos filhos geralmente são bem presentes e a gente está sempre viajando, a gente perde reunião, a gente perde tudo. Rola até um preconceito com a gente que trabalha muito. Gosto de falar sobre isso, por exemplo. Como é que você lida com um casamento de 20 anos? Isso também é legal de abordar”, explica ela, que tem uma filha de 9 anos.

Leia mais: Débora Nascimento: ‘Tem que saber lidar com a tristeza’

No vídeo de Giovanna, Ingrid também falou sobre a importância de as mulheres ocuparem cargos de destaque e chefia em empresas porque são mais compreensivas. Ela contou que não parou de trabalhar quando teve sua filha e disse que chegou a ser dirigida por uma mulher que sempre parava as gravações para ela amamentar, mesmo que as pausas custassem mais para a produção do filme.

No fim do papo, a atriz avaliou sua trajetória, voltou a falar sobre os preconceitos que enfrentou por não ter o padrão de beleza exigido pelas emissoras de TV, e disse que o filme “Fala Sério Mãe”, em que interpreta a mãe de Larissa Manoela, foi muito especial para o momento.

Leia mais: Vestido de noiva de Goldfarb será feito por Helô Rocha

“Foi um resgate da maternidade para mim. Fiz ‘Loucas para Casar’ e ‘De Pernas para o Ar’, aí teve um dia que a minha filha perguntou quando é que ela ia poder ver um filme meu. Aquilo me bateu, sabe? Tem várias cenas de ‘Fala Sério Mãe’ que são minhas, que eu botei. Incluo minha filha em tudo”, diz.

Assista a seguir: Fãs de ‘Grease’, preparem-se!