Ingra, casada com Zé Vaqueiro, diz que foi julgada por ser mais velha: "Me cobrava"

·3 minuto de leitura
Ingra e Zé Vaqueiro têm sete anos de diferença e por que isso ainda é um tabu? (Foto: Reprodução/Instagram@Ingra_)
Ingra e Zé Vaqueiro têm sete anos de diferença e por que isso ainda é um tabu? (Foto: Reprodução/Instagram@Ingra_)

Ingra Soares, 30 anos, e Zé Vaqueiro, 22, estão juntos há mais de dois anos, são pais de Daniel, de 11 meses e moram juntos na mansão recém comprada em Fortaleza. Ela também é mãe de Nicolly, 10 anos, de um relacionamento anterior.

Apesar do pouco tempo junto, a vida do casal mudou radicalmente desde o ano passado. Quando se conheceram, Zé estava iniciando com shows por cidades do interior do Nordeste e não tinha grana. Ela já era empresária e tinha uma vida estabilizada. Ele já declarou diversas vezes que a esposa quem dá as cartas e quem o ajudou a estruturar a carreira. Ingra reconhece.

Leia também:

Mas o fato é que casal feliz incomoda. Gente feliz incomoda. O público gosta de ver a vida alheia e adora criticar. O relacionamento incomodou algumas pessoas nas redes sociais - sempre os haters - e os ataques abalaram Ingra no início.

"No início as pessoas questionavam o que eu via nele", conta a cearense. 

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Depois que Zé Vaqueiro estourou com "Letícia" por todo o país, e é atualmente um dos artistas mais ouvidos, com músicas nas paradas das principais plataformas de streaming, a diferença de idade de sete anos entre o casal passou a ser um novo questionamento dos haters.

"Hoje, que ele estourou, as pessoas questionam porque o Zé está comigo, porque ele casou, porque está com uma mulher de 30 anos se podia estar bebendo, farreando, gastando dinheiro É uma constante discórdia na internet. Se a gente não tiver a cabeça no lugar, a gente se perde. Me estabilizei mentalmente em relação a isso porque estava me cobrando pelos outros, pensava: 'Poxa o que estou fazendo com ele se sou mais velha, as pessoas têm razão'. Parei de dar atenção aos haters e estou muito bem", afirma Ingra.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Alguns ataques, infelizmente, ainda são inevitáveis nas redes sociais. Zé Vaqueiro que mudou seu estilo de roupas com a ajuda da mulher também sofre com isso. No início, o cantor, que é tímido, se abalava com as críticas, hoje já tira de letra.

"Quando veem que as pessoas evoluem querem retroceder, faz parte da internet", diz Ingra.

Pandemia

Com o convívio diário mais próximo em casa por conta do isolamento social, causado pela pandemia, a empresária diz que surgiram alguns conflitos entre o casal, mas que foram logo contornados com um bom diálogo.

"Não tivemos um pico de crise, mas algumas coisas não estavam se encaixando em relação a mudar de vida completamente. A gente não era tão conhecido e do nada explodiu, ele ficou famoso, vem assédio, as mulheres, fãs, acabou gerando desconforto em mim, insegurança, não chegou a ser uma crise, mas tivemos alguns desentendimentos", conta ela, que logo chamou para o papo.

"A gente sentou, conversou, equilibrou nossos pontos, mas você nunca está pronto para nada. A gente se reconstruiu, tivemos que mudar para poder viver a vida na internet, a vida pública, mas sabemos que temos nosso momento privado, familiar, às vezes as pessoas não respeitam muito isso".

Influenciadora

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com mais de 500 mil seguidores no Instagram, Ingra se tornou influenciadora.

"Os meus seguidores me pedem, querem ver o meu dia a dia, querem me ver eu dando opiniões, divulgando. Todos os parceiros que divulgo sempre me dão um feedback muito bacana, foi uma coisa que aconteceu normalmente. Mas não chego a aceitar nem 60% do que as pessoas querem me passar, tenho o meu estilo próprio. Já divulguei muitas pessoas que precisavam, hoje não aceito tudo, só o que vou usar e consumir", explica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos