Influenciadora digital russa é assassinada por homem após encontro

Redação
Instagram / @katti_loves_life

A influenciadora digital Ekaterina Karaglanova, de 24 anos, foi encontrada morta na última sexta-feira, 26, em seu apartamento em Moscou, capital da Rússia. As informações são da BBC.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A jovem era recém-formada em medicina e tinha mais de cem mil seguidores no Instagram, onde postava fotos de suas viagens e contava suas experiências pelo mundo.

Ela passou vários dias desaparecida até que seus pais solicitaram acesso ao lugar onde ela morava. Foi aí que a encontraram dentro de uma mala com o pescoço cortado.

Confissão

Um homem chamado Maxim Gareyev, de 33 anos, confessou tê-la esfaqueado por "pelo menos cinco vezes no pescoço e no peito", conforme divulgou em vídeo o Comitê de Investigação da Rússia.

Ele alegou que tinha um relacionamento íntimo com a mulher, dava-lhe dinheiro sempre que a encontrava e cometeu o crime após ter sido "insultado e humilhado" por ela. "Ela me disse que eu era feio e que nem mesmo uma cirurgia plástica me ajudaria", relatou.

Gareyv falou também que Ekaterina o provocou dizendo que ele levaria um ano para juntar dinheiro suficiente para que os dois voltassem a se encontrar novamente.

O diário russo Moskovsky Komsomolets (MK) conta que Ekaterina planejava viajar para a Holanda para comemorar seu aniversário em 30 de julho.