Lilía Cabral foi ‘esquecida’ em guindaste do Carnaval durante gravação de “Império”

Patrick Monteiro
·2 minuto de leitura
Lília Cabral e Alexandre Nero em gravação de 'Império' no Carnaval do Rio (Globo/Felipe Monteiro)
Lília Cabral e Alexandre Nero em gravação de 'Império' no Carnaval do Rio (Globo/Felipe Monteiro)

De volta ao horário nobre nesta segunda-feira (12), a premiada “Império” teve momentos engraçados durante suas gravações e Lília Cabral, que vive a empresária Eliane, caiu na gargalhada ao relembrar um durante a coletiva de imprensa on-line da trama: o dia que foi esquecida em um guindaste.

“Fiquei abandonada na Sapucaí, num temporal horroroso e estava com o pé quebrado. Fiquei jogada no Carvalhão (guindastes que colocam e tiram os desfilantes dos pontos mais altos dos carros alegóricoss). Chovia, eu tive que aguentar a situação”, lembrou gargalhando.

Leia também

Ela ainda lembrou que não tinha como descer de outra forma “Em outros tempos eu desceria daquilo, mas como tudo era tão bom, levamos sempre na esportiva. Foi tudo extremamente alinhado na alegria, foi uma novela muito feliz mas não esqueço de ter ficado lá largada. Começaram aqueles raios todos e todo mundo correu”, falou.

O desfile em que foi destaque, contava parte da história em que o Comendador (Alexandre Nero) era o enredo da escola de samba, foi o primeiro da atriz. “Jamais vou esquecer. Pensava muito em como é entrar na avenida. Eu não vou saber responder porque é de uma emoção tão pura que não tem palavras, entra por dentro do sangue, é inesquecível. Lelê me ajudou muito”, contou em referência à Leandra Leal, carnavalesca nata.

A outra atriz, que é porta estandarte do Cordão do Bola Preta, o bloco de Carnaval mais antigo do país, falou com emoção sobre esse período. “Esse clima do carnaval contaminou muito na novela! A gente ia muito para ensaio de Carnaval, a gente desfilou no Salgueiro, éramos contagiados pela Viv *(Viviane Araújo), gente, ela é a rainha das rainhas! A gente se divertiu muito, foi lindo gravar no sambódromo, no desfile. Tivemos a experiência de verdade!”

Lília ainda lembrou mais sobre o contexto da história, em que divide o comando da empresa da família com o marido. “O grande amor da vida do Comendador foi a Eliane, e lutei a vida inteira para ele dizer que a amou. Disseram que eles tiveram uma grande parceria, e foi uma grande parceria”, concluiu.