Impacto dos avanços tecnológicos na construção do Futuro: "O amanhã vai depender de como o criamos"

Fernando Rocha
·1 minuto de leitura

O futuro não é mais algo para de imaginar, por é algo que, atualmente, se cria no presente. O que é normal quando se pensa sobre o futuro neste tempo de pandemia? Quem responde é a convidada do ‘É Normal’ desta semana, a engenheira especializada em futurismo, Martha Gabriel, e ela nos dá algumas dicas do que esperar do amanhã.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“O futuro dá sinais no presente. Ele começa aqui. Então, para saber como vai ser o amanhã, vai depender de como o criamos, quais cenários escolhemos deste futuro provável”, explica a especialista.

Veja também

Martha também justifica o motivo do passado ser reconfortante e o futuro ser amedrontador. “O futuro é incerto. E estamos vivendo um momento em que é cada vez mais incerto por causa da velocidade de mudança. E no passado, você seleciona o que quer de lembranças boas”, completa.

A profissional explica também que os avanços da história e da tecnologia deixaram uma marca de medo do desconhecido, e explica porque cada uma destas coisas têm um lado positivo e outro negativo. Confira no vídeo acima!

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube