Bovespa aciona o "circuit breaker" pela 2ª vez nesta quinta (12)

Essa foi 3ª vez que o mecanismo de interrupção das negociações foi acionado na Ibovespa. (Foto: Cris Faga/NurPhoto via Getty Images)

ATUALIZAÇÃO [11h15]: Pela segunda vez na manhã, a Bolsa acionou o circuit breaker. Na volta da primeira paralisação, o Ibovespa caiu mais 15,43%, chegando à marca dos 72.026 pontos.

Pela quarta vez na semana, a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) acionou o “circuit breaker”, sistema que interrompe as negociações automaticamente quando a queda passa dos 10%. Nesta quinta-feira (12), o “circuit breaker entrou em ação às 10h22, menos de 30 minutos após a abertura do mercado, e novamente às 11h15. No momento do primeiro acionamento, o Ibovespa marcava uma queda de 11,65%, e no segundo, já acumulava queda de 15,43%, chegando à marca dos 72.026 pontos. No segundo estágio, a paralisação dura uma hora.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Notícias no Google News

Às 10:21, o Ibovespa marcava 75.247,25 pontos, antes de a bolsa suspender os negócios no pregão por 30 minutos. Na véspera, o Ibovespa fechou em queda de 7,6%, em nova sessão com circuit breaker, tendo de pano de fundo decisão da Organização Mundial de Saúde (OMS) de classificar o coronavírus como pandemia.

Após o fechamento do mercado à vista, também repercutiu mal a derrubada pelo Congresso Nacional do veto presidencial a projeto que amplia o acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), pressionando o mercado futuro de ações.

Leia também

dólar comercial abriu em forte alta nesta quinta-feira, negociado acima de R$ 5. Às 9h08, a moeda americana era vendida a R$ 5,02, com valorização de 6,37%.

Logo após a abertura do mercado de câmbio, o Banco Central anunciou que vai elevar sua venda de dólares no mercado à vista hoje. Ao todo, serão vendidos US$ 2,5 bilhões, e não mais US$ 1,5 bilhão como anunciado na quarta-feira.

COMO FUNCIONA O CIRCUIT BREAKER?

Quando o índice Ibovespa registra queda de 10% em relação ao fechamento do dia anterior, todos as negociações do mercado (ações, derivativos, etc.) são interrompidos e retomados após 30 minutos.

Com o mercado reaberto, se a queda do índice persistir e cair mais 5% - atingindo 15% sob o dia anterior - as negociações voltam a ser interrompidas, desta vez com o intervalo de 1h. A paralisação também ocorre em todos os mercados acionários.

Passada essa 1h, os pregões voltam a ser reabertos. Caso haja uma nova queda de 5% - somando um recuo de 20% em cima do dia anterior -, a bolsa poderá poderá determinar a suspensão por prazo definido a seu critério, devendo comunicar sua decisão ao mercado.

NERVOSISMO NO MERCADO

O dia é de nervosismo nos mercados globais, após a decisão do presidente americano Donald Trump de suspender por 30 dias os voos entre Estados Unidos e Europa para conter os efeitos da pandemia de coronavírus.

No Brasil, a tensão é agravada pela derrota do governo no Congresso na quarta-feira. Senadores e deputados derrubaram ontem um veto do presidente Jair Bolsonaro a uma mudança nas regras do Benefício de Prestação Continuada (BPC, pago a idosos e deficientes físicos de baixa renda), que terá impacto de R$ 20 bilhões nos cofres públicos só neste ano.

Na quarta-feira, antes mesmo da decisão do Congresso, a Bolsa brasileira já havia sofrido fortes perdas e o 'circuit breaker', chegou a ser acionado pela segunda vez numa mesma semana. O Ibovespa, na quarta-feira (12), principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (B3) fechou em queda de 7,64%.

O Banco Central do Brasil anunciou, após o fechamento dos mercados, que voltaria a fazer leilões de dólares no mercado à vista nesta quinta. Será vendido US$ 1,5 bilhão em reservas.

No fim da noite de quarta, o presidente Trump anunciou a suspensão de voos para entre Estados Unidos e Europa. Com isso, as Bolsas asiátias fecharam em queda, com perdas de 4,41% em Tóquio e 7,23% em Sidney. Na Europa, as principais Bolsas operam com desvalorização superior a 5%.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.