Humanos criaram um problema ambiental. Agora, usam 'lobos-robôs' para se proteger

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Lobo robô japonês.
Lobo robô japonês.

A ficção japonesa é conhecida por sua longa tradição de robôs gigantes protetores, mas uma cidade do país está levando essa história a outro patamar, com a inauguração de um conjunto de lobos-robôs de prevenção a ataques.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A ameaça em questão são ursos pretos, que no ano passado foram responsáveis por 157 ataques a seres humanos na cidade de Takikawa. As informações são do jornal The Guardian.

Leia também:

De acordo com a reportagem, desde a inauguração dos lobos-robôs, nenhum ataque foi registrado.

As “criaturas” são realmente assustadoras – apesar de fixas sobre estruturas “plantadas” na terra, os “bichos” têm bocarras escancaradas, olhos brilhantes e vermelhos. Além disso, os robôs se movem sobre a base fixa, e emitem grunhidos ameaçadores.

Infelizmente, a história por trás de tudo isso é triste. Cientistas especializados na conservação de habitats naturais explicam que os ursos vêm avançando sobre o território humano por conta da expansão das cidades, da destruição de florestas (onde os ursos encontravam alimento na forma de castanhas, agora mais raras) e do desaparecimento de um antigo adversário natural nas matas japonesas: os lobos! Agora, os antigos “adversários” pelo território selvagem retornam como “assombrações” de metal inventadas pela ciência do homem.

Os lobos foram extintos desses locais por conta – adivinha? – da caça desenfreada humana no passado.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube