Hulk é um homem ou um monstro? Marvel tem a resposta em prévia de HQ

Desde a primeira vez que o Hulk apareceu nas páginas dos gibis da Marvel Comics, uma pergunta sempre ronda o Gigante Esmeralda: “ele é um homem ou um monstro?”. Embora essa discussão faça parte dos recorrentes questionamentos existenciais de Bruce Banner e integre o núcleo do personagem, a Casa das Ideias parece ter uma resposta clara para isso — pelo menos no atual momento.

Atenção para spoilers de Planet Hulk: Worldbreaker #1!

O Hulk, que estreou em The Incredible Hulk #1 em 1962, sempre foi comparado à dualidade de Dr. Jekyll e Mr. Hyde, da obra O Médico e o Monstro, lançado pelo escritor escocês Robert Louis Stevenson em 1886. Logo em sua edição de estreia, a capa trazia uma das maiores questões da história da Marvel Comics: "Ele é um homem ou um monstro... ou ambos?"

Embora a Marvel tenha mostrado várias respostas para essa pergunta ao longo dos anos, uma prévia da nova revista Planet Hulk: Worldbreaker traz uma resolução “definitiva”, pelo menos para o atual momento. A primeira edição da obra escrita por Greg Pak e desenhada por Manuel Garcia leva a trama de volta para Sakaar, o planeta que Hulk já governou na saga Planeta Hulk, mas em um período no futuro.

A Grande Sacerdotisa Venkiera pergunta se seu antigo líder, o Cicatriz Verde, era um "herói ou um monstro?". Ela afirma que o Hulk era, na verdade, um "monstro" que o povo do planeta seguia cegamente — e isso vai de encontro com o que os Vingadores já diziam na primeira interação com o Gigante Esmeralda.

Trecho da nova HQ de Hulk (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Trecho da nova HQ de Hulk (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

A sinopse da edição que será lançada no dia 30 de novembro diz o seguinte: “MILÊNIO! Daqui a mil anos, no planeta Sakaar, uma jovem de pele verde procura o lendário Cicatriz Verde para ajudar a salvar seu irmão de um grupo de cultistas apocalípticos. Mas qual Hulk ela encontrará? E depois de todos esses anos, ele é realmente o Sakaarson, que salvará a todos nós — ou o Destruidor de Mundos, que nos destruirá?”.

A trama parece querer trazer de volta essa questão existencial para renová-la na atual fase. E, claro, nenhuma resposta é definitiva nas histórias de super-heróis, mas uma “resolução direta” sobre o assunto no atual momento soa como a Marvel atualizando as características básicas de um de seus maiores ícones. Saberemos mais a respeito quando a HQ chegar às bancas gringas na próxima quarta-feira.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: