“Honro Elza Soares”, lamenta Taís Araújo, que já a interpretou no cinema

·2 min de leitura
Taís Araújo viveu Elza Soares no cinema (foto: reprodução / instagram)
Taís Araújo viveu Elza Soares no cinema (foto: reprodução / instagram)

Resumo da Notícia:

  • Taís Araújo viveu Elza Soares no filme "Garrincha - Estrela Solitária", que foi lançado em 2003

  • Elza Soares, a maior cantora da música brasileira moderna, morreu aos 91 anos de causas naturais

  • A atriz homenageou a cantora com uma publicação emocionante nas redes sociais

Taís Araújo usou as redes sociais para lamentar a morte de Elza Soares, aos 91 anos. A cantora morreu de causas naturais em sua casa, no Rio de Janeiro, na tarde desta quinta-feira (20), dia de Oxossi e São Sebastião na cidade.

“Eu honro Elza Soares. Honro a mulher, artista, cidadã, a amiga. Ela é foda! Sempre foi e sempre será! Dura na queda, nos ensinou a levantar a cabeça a cada tombo e depois seguir”, escreveu Taís em sua conta no Twitter seguida de uma das fotos da cantora para o álbum “Deus é Mulher”.

Ela seguiu lembrando momentos felizes ao lado de Soares. “Nos ensinou que é a gente quem leva a vida, que o comando é nosso e quando a gente perde o rumo, cabe a nós mesmos encontrar o caminho de volta. Perdi uma ídola e ganhei uma ancestral forte, firme, uma luz… Alterno lágrimas com risos, lembrando das histórias e me pego pensando no legado deixado por Elza: cabeça erguida e passos firmes. Te amo, Elza! Você é pra sempre. Muito obrigada, Deusa”, concluiu.

Taís deu vida à cantora no filme “Garrincha – Estrela Solitária”, que foi lançando em 2003 e contava a história do jogador. Ele e Elza foram casados por 17 anos e tiveram um filho, Garrinchinha, que morreu em um acidente de carro anos depois.

A relação deles foi muito conturbada e repleta de agressões físicas e verbais. À época, quando assédio ainda não era um assunto público, Elza não se calava. O ex-jogador morreu de complicações do alcoolismo anos depois do fim do casamento, mas ela estava ao seu lado até o último suspiro.