Homens também podem ter câncer de mama

Apesar de não ser tão comum, o câncer de mama nos homens também existe (Getty Images)

Recentemente, o empresário Mathew Knowles, pai da cantora Beyoncé, foi diagnosticado com câncer de mama. Ele contou sobre a sua luta pessoal contra a doença em entrevista ao apresentador Michael Strahan, no programa ‘Good Morning America’, da emissora americana ABC. Com o caso público, faz-se o alerta: homens também podem desenvolver a doença.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

O ex-empresário do grupo Destiny's Child, que lançou sua filha no mercado da música, afirmou durante a entrevista que foi buscar um médico quando sua esposa notou manchas de sangue em lençóis e camisas. O câncer de mama é um dos que mais acomete mulheres no Brasil no mundo, perdendo apenas para o melanoma. Mas ele não é frequentemente associado a homens, pois não representa alta incidência no sexo masculino.

Leia também

Câncer de mama em homens

O câncer de mama é menos frequente em homens (apenas 1% da população masculina é atingida pela neoplasia) por conta de as mamas não serem desenvolvidas na mesma proporção que mulheres. Os homens também não contam com grande quantidade de hormônios que, por vezes, são associados ao desenvolvimento da doença.

Mas vale ressaltar: em 2016 foram registradas 185 mortes de homens em decorrência de câncer de mama no Brasil, de acordo com dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer). Em comparação com os mais de 16 mil óbitos de mulheres pelo mesmo motivo, o número é bem pequeno, mas não menos preocupante.

Fatores de risco para o câncer de mama em homens

Segundo o INCA, alguns dos fatores de risco para o desenvolvimento de câncer de mama em homens incluem:

• Genes e histórico familiar: mutações nos genes BRCA1 ou BRCA2 e possuir parentes de primeiro ou segundo grau que tiveram câncer de mama;

• Condições que podem aumentar o nível de estrogênio no corpo, como obesidade, alcoolismo, síndrome de Klinefelter e doença hepática;

• Radioterapia prévia para a área do tórax.

Além disso, a incidência de câncer de mama em homens ocorre mais vezes em uma idade mais avançada, acima dos 60 anos.

Homens devem observar melhor alterações no corpo

De acordo com o hospital A.C.Camargo, especializado no tratamento de tumores no geral, os sintomas para câncer de mama em homens são os mesmos que podem ser identificados para mulheres: surgimento de caroços na região das mamas, próximos ao mamilo ou axila; retração ou secreção do mamilo e dor unilateral na mama.

É comum que homens se dirijam ao médico apenas quando a doença já começa a despontar sintomas bastante perceptíveis, isso porque esse câncer não costuma ser monitorado por homens. Dessa forma, a melhor maneira de prevenir é prestar atenção no corpo e, ao menor sinal de algo diferente, ir ao especialista para realizar exames. O tratamento engloba a retirada da mama (mastectomia total), além de procedimentos extras como quimioterapia ou radioterapia, quando necessário.