Homens abandonam morador de rua com hemorragia em calçada de hospital

Dois homens de terno e gravata deixaram o homem agonizando em frente à emergência (Foto: Reprodução/TV Globo)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Ele morreu ainda na calçada do hospital

  • Polícia tenta descobrir identidade dos homens

Dois homens de terno e gravata carregaram um morador de rua de cadeira de rodas até a calçada da Coordenação de Emergência Regional (CER) do Centro do Rio de Janeiro na última quinta-feira (19) e o abandonaram lá com uma hemorragia interna. A polícia chegou três horas depois, mas era tarde demais: o homem já estava morto.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro agora investiga imagens das câmeras de segurança para identificar os dois suspeitos, cujas roupas são iguais às dos seguranças do estabelecimento.

Leia também

O morador de rua foi deixado na calçada por volta das 5h de quinta-feira. Os policiais militares chegaram às 8h, e imediatamente chamaram o Corpo de Bombeiros para auxiliar o homem, ainda largado no chão. Ele morreu no mesmo local onde foi deixado.

Ao portal de notícias G1, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que "esta não é uma conduta preconizada pela secretaria, pela direção do Hospital Municipal Souza Aguiar e pela Coordenação do Centro de Emergência Regional do Centro". Também informou que, caso as denúncias sejam comprovadas, os responsáveis serão identificados.

O mesmo homem foi encontrado pela equipe do programa Bom Dia Rio, da Rede Globo, dentro do CER-Centro dois dias antes, na terça-feira (17). Ele aguardava atendimento e sentia muita dor na barriga e dificuldade para respirar. Ele pediu um analgésico, mas os funcionários da unidade disseram que ele já havia sido atendido.