"Homem-Aranha: Sem Volta para Casa" é a quarta maior bilheteria da história dos EUA

·1 min de leitura
Tom Holland em
Tom Holland em "Homem-Aranha: Sem Volta para Casa". Foto: Divulgação/Sony Pictures

Resumo da notícia:

  • "Homem-Aranha: Sem Volta para Casa" é a quarta maior bilheteria da história dos EUA

  • Filme estrelado por Tom Holland desbancou o sucesso de "Pantera Negra", que surge em quinto lugar

  • A produção também é a oitava maior bilheteria da história do cinema mundial até o momento

"Homem-Aranha: Sem Volta para Casa" segue fazendo um sucesso estrondoso desde sua estreia em dezembro do ano passado. De acordo com o The Hollywood Reporter, o filme estrelado por Tom Holland se tornou o quarto longa mais bem-sucedido da história dos Estados Unidos.

A bilheteria da produção que reúne os três intérpretes do Teioso desbancou "Pantera Negra", de 2018, e assumiu o lugar de quarta maior bilheteria do cinema norte-americano de todos os tempos.

O lucro acumulado no último final de semana devido ao feriado de Martin Luther King Jr. no país foi responsável por emplacar o filme na quarta posição do ranking de grandes longas.

Com US$702.7 milhões em vendas de ingresso até o momento, "Homem-Aranha: Sem Volta para Casa" está atrás apenas de "Avatar", com US$760.5 milhões, "Vingadores: Ultimato", com US$854.4 milhões, e do líder "Star Wars: O Despertar da Força", com US$936.7 milhões.

Sobre o rendimento mundial, o filme dirigido por Jon Watts já arrecadou US$ 1,62 bilhão nas bilheterias. A marca coloca a produção como a oitava maior bilheteria da história do cinema mundial até o momento.

Vale lembrar que o novo "Pânico" desbancou o longa do Amigão da Vizinhança como líder de audiência atual nos EUA. Com US$ 30,6 milhões arrecadados no último final de semana, o novo "Pânico" tirou o terceiro filme da franquia estrelada por Holland do topo após o filme passar quatro semanas em primeiro lugar.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos