Tendência de beleza: já ouviu falar do Hemp Beauty?

·2 minuto de leitura

O recente movimento de legalização da maconha em diversos lugares do mundo tem aquecido um novo movimento dentro do universo da beleza. De formulações artesanais às grandes marcas, como The Body Shop, Kiehl's e Lush - ainda não vendidos no Brasil-, a indústria cosmética já tem se rendido aos benefícios do óleo de CBD, o famoso, canabidiol.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

Segundo a dermatologista Patrícia Silveira, especialista em dermatologista natural, já existem muitos artigos científicos que comprovam as boas respostas do CBD em problemas de pele como dermatites atópicas e seborreicas, além de psoríase.

Leia também

A erva tem princípios ativos diferentes e não são todos que tem esta atuação. “Os benefícios para a pele, assim como no caso de estudos que apontam atuação em doenças neurológicas, estão no CBD (canabidiol), o composto não psicoativo encontrado na planta de cannabis”, esclarece Patricia. Para quem não conhece, é o THC (Tetrahidrocanabinol) que tem o efeito psicoativo.

Hemp Beauty: produtos The Body shop e Kiehl's
Hemp Beauty: produtos The Body shop e Kiehl's

Uma de suas principais características do CBD é o efeito anti-inflamatório, vitamina A, D e ácidos graxos essenciais. “Ele é comercializado em forma de óleo e muitas marcas europeias têm utilizado em suas fórmulas. Mas ainda vejo mais na atuação da saúde da pele do que estética, no skincare diário, por exemplo ”, diz a dermatologista.

A farmacêutica Michele Silva, especialista em formulações naturais da Laviz Cosméticos, lembra que no Brasil o uso ainda não é liberado. Por isso algumas pessoas fazem óleos artesanalmente. “As pesquisas tem avançado. Mas a minha maior preocupação com o preparo artesanal é a qualidade das matérias primas, mas este é um recebimento que vale para qualquer insumo”, comenta.

As sementes da maconha: superalimento natural

CBD oil hemp products  in a glass jar and hemp seeds.
CBD oil hemp products in a glass jar and hemp seeds.

Especialista no tema, Poliana Rodrigues é também sócia-fundadora da Blazing Beauty, marca que trabalha com o óleo da semente que, apesar de não conter o famoso CBD, também tem efeitos na pele. “As sementes são consideradas um superalimento, e quando prensadas a frio, como no caso do azeite, por exemplo, dão origem a um óleo que é super nutritivo, rico em ômegas, antioxidante e de comedogenicidade”, conta. A marca Cannuka é uma das referências para o Brasil no uso do óleo de semente. Por aqui, as artesanais tem ganhado cada vez mais adeptos.

“Como a Anvisa só regulamentou uma substância CBD (e o THC, primo dele também), existe essa brecha onde o que não testar pra essas substâncias, não é proibido. Eu acredito que é uma questão de tempo e de provocação social e de mercado até o Brasil popularizar o ativo. Ele já existe, já pode ser utilizado, mas seu acesso ainda é muito burocratizado por conta de outros interesses ”, diz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos