Helena Rizzo entra no MasterChef e torce para reality potencializar seus negócios

LEONARDO VOLPATO
·2 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 01.11.2017 -  A chef e curadora do festival Popload Festival 2017, Helena Rizzo. (Foto: Marcus Leoni/ Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 01.11.2017 - A chef e curadora do festival Popload Festival 2017, Helena Rizzo. (Foto: Marcus Leoni/ Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Substituta de Paola Carosella, 48, que deixou o MasterChef (Band) após seis anos, a chef gaúcha Helena Rizzo, 42, está feliz com a oportunidade de transmitir em TV aberta todo o conhecimento adquirido em 25 anos de carreira.

Ela afirma que mostrar aos telespectadores sua bagagem acumulada pelas excursões internacionais que fez em prol da gastronomia. Além disso, a chef pensa em potencializar seus negócios com a exposição na televisão.

"Tudo que já fiz para a TV sempre impactou positivamente o movimento dos restaurantes e a oferta de trabalho. E em tempos difíceis como esse, acredito que possa ser muito bom", afirma Rizzo, em entrevista ao F5, da Folha de S.Paulo.

Nascida na cidade de Porto Alegre (RS), Helena Rizzo é proprietária do renomado Maní, que é a matriz de onde tudo começou em sua trajetória de sucesso, além dos restaurantes Manioca, a Casa Manioca e duas Padocas, todos em São Paulo.

O restaurante Maní, no Jardim Paulistano (zona oeste de SP), rendeu a ela seus principais prêmios até hoje. Foi por meio dele, em 2015, que conseguiu uma tão conceituada estrela Michelin de qualidade.

Mas esse é só um dos prêmios na lista da cozinheira. A chef já foi destaque algumas vezes com prêmio de melhor estabelecimento gastronômico pela Folha. Também foi eleita por dois anos consecutivos, em 2013 e 2014, a melhor chef mulher do mundo pela revista britânica Restaurant.

"São marcos de um reconhecimento, de uma trajetória construída com paixão e dedicação, mas nunca os colocamos à frente do nosso objetivo principal", afima Rizzo, que já participou de outros reality shows, como The Taste Brasil (GNT, 2017) e The Final Table (Netflix, 2019).

Helena Rizzo retorna à TV para o maior dos desafios. Sua missão é bem clara: compartilhar tudo o que aprendeu com um público maior. "Acredito que a TV pode ser usada como fonte de informação, educação e entretenimento."

"A gastronomia, muitas vezes, se fecha em si mesma. Tenho a impressão de que a TV aberta pode ser uma oportunidade de furar essa bolha", diz a chef, que ainda não teve a oportunidade de trocar dicas com Paola Carosella.

A Band, inclusive, abriu as inscrições para a oitava temporada do programa, a ser realizada em 2021. Os interessados devem preencher um formulário no site oficial da emissora.