Helena Bonham Carter defende JK Rowling, autora de 'Harry Potter'

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Helena Bonham Carter afirmou ser contra a cultura do cancelamento em uma entrevista recente para o The Times. A atriz britânica, que interpretou a personagem Belatriz Lestrange na franquia de filmes Harry Potter, inspirada na obra de mesmo nome de JK Rowling, disse que a autora tem sido perseguida.

"Foi levado ao extremo, o julgamento das pessoas. Ela tem o direito de ter a opinião dela, especialmente se ela sofreu abuso. Todo mundo carrega a própria história de trauma e forma a própria opinião a partir desse trauma e devemos respeitar de onde as pessoas vêm e a dor delas. Não é preciso que todos concordem em tudo. Isso seria insano e tedioso. Ela não diz o que diz de uma forma agressiva. Ela só fala a partir da própria experiência".

A confusão entorno de JK Rowling começou em 2020, quando a escritora criticou o título de uma reportagem que dizia "pessoas que menstruam" ao invés "mulheres", uma palavra que ela considerava dar conta de explicar a quem o texto se referia. A pauta, no entanto, buscava incluir na discussão homens transexuais, que também menstruam.

Esta publicação se seguiu de uma série de outras falas consideradas transfóbicas. A visão negativa que a escritora criou sobre si levou membros do elenco de Harry Potter, como o ator Daniel Radcliffe, a se pronunciarem dizendo que são contrários às opiniões dela.

Bonham Carter também disse que se opõe à ideia de que a vida pessoal deva impactar a carreira de um artista. "Devemos banir um gênio por suas práticas sexuais? Há milhões de pessoas que, se olhássemos de perto o suficiente para suas vidas pessoais, seriam desqualificadas. Não podemos banir pessoas. Odeio a cultura do cancelamento. Ela se tornou histérica. Há uma caça às bruxas e falta de compreensão."

Bonham Carter comentou ainda a disputa judicial entre Amber Heard e Johnny Depp e outros casos semelhantes. Questionada se haveria a possibilidade de redenção para figuras de Hollywood envolvidas em escândalos, a atriz disse que não para pessoas como Kevin Space, mas sim para Depp.

Bonham Carter e Johnny Depp trabalharam juntos em diversos filmes, como "A Noiva Cadáver" e "A Fantástica Fábrica de Chocolate".