Heineken explica polêmica de rótulo apagado e cerveja falsificada

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
Hoje, 70% das embalagens são do Grupo Heineken são reutilizáveis e recolhidas depois do consumo
Hoje, 70% das embalagens são do Grupo Heineken são reutilizáveis e recolhidas depois do consumo

Depois de vídeos circularem no WhatsApp dizendo que garrafas de 600 ml com o rótulo apagado têm conteúdo falsificado, a produtora de cervejas decidiu gravar um vídeo para explicar o motivo do rótulo menos visível e dizer que a bebida não é falsificada. 

Leia também:

Hoje, 70% das embalagens são do Grupo Heineken são reutilizáveis e recolhidas depois do consumo para serem lavadas, esterilizadas e reenvasadas dentro das cervejarias da marca. Esse é um processo comum no mercado de bebidas, que reduz a quantidade de lixo produzido.

Quando as garrafas reutilizáveis são expostas à umidade da refrigeração, o rótulo pode se apagar. “Se você encontrar uma garrafa dessa, não se preocupe. É a mesma Heineken de sempre, a verdadeira”, diz um funcionário na gravação divulgada.

"Essa é uma característica pontual e já implementamos uma tecnologia no processo produtivo que identificará e impedirá o reuso dessas garrafas no momento em que retornarem para a nossa cervejaria", informa em nota à Exame.