Heath Ledger se recusou a fazer piada com gays no Oscar, diz Jake Gyllenhaal

Jake Gyllenhaal and Heath Ledger introduce a clip of "Brokeback Mountain", nominee for Outstanding Performance by a Cast in a Motion Picture 10617_mc0278.jpg (Photo by M. Caulfield/WireImage for Turner)


O Segredo de Brokeback Mountain, um dos clássicos do cinema deste século, gerou muitos elogios e piadinhas de mau gosto em seu lançamento, em 2005. Aproveitando o hype do filme, os organizadores do Oscar daquele ano pensaram em fazer "brincadeiras" sobre homossexualidade com os astros do longa, Jake Gyllenhaal e Heath Ledger, no palco. Felizmente, o segundo se recusou e livrou a todos deste constrangimento.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A história foi contada por Gyllenhaal em entrevista à revista Another Man. Relembrando como as pessoas riam do enredo sobre o romance entre dois cowboys, o ator contou que ele mesmo não via problema em tirar sarro da situação na cerimônia, mas foi convencido pelo amigo que não seria uma boa ideia.

Leia também

"Eu estava pensando na época: ah, tudo bem ... Tanto faz, na verdade. Eu sempre me divirto. E Heath disse: 'Isso não é uma brincadeira para mim. Não quero fazer piadas sobre isso'", contou, reconhecendo que o seu parceiro de cena, morto em 2008, vítima de uma overdose de medicamentos, era um homem à frente da sua época.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.