Após explicação sobre erros no Enem, hashtag #JuntosComWeintraub vira trending topic

A hashtag em apoio ao ministro chegou ao primeiro lugar nos assuntos mais comentados do país (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Hashtag #JuntosComWeintraub chegou ao primeiro lugar nos trending topics

  • Segundo lugar é da oposição, com a tag #foraweintraub

O ministro da Educação do governo Bolsonaro, Abraham Weintraub, ocupou dois lugares na lista de assuntos mais comentados no Twitter brasileiro nesta terça-feira (11). Após participar de uma audiência na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado para explicar os erros no Enem, ele foi tema de duas hashtags na rede social: #foraweintraub e #JuntosComWeintraub.

Enquanto a primeira surgiu ainda pela manhã e viralizou durante o discurso do ministro, a segunda começou mais tarde, mas rapidamente chegou ao primeiro lugar nos trending topics. Às 16h30, a hashtag em apoio a Weintraub estava no topo do ranking, com mais de 58 mil publicações. A tag #foraweintraub, por outro lado, ocupava o segundo lugar na lista e havia sido postada 19,5 mil vezes.

Leia também

Um dos perfis que postaram a hashtag em apoio ao ministro foi o do empresário Luciano Hang, dono da loja de departamentos Havan:

Arthur Weintraub, irmão do ministro e assessor especial de Bolsonaro, comemorou a chegada da hashtag ao primeiro lugar nos assuntos do momento:

Assim como Weintraub fez em seu discurso, os usuários que saíram em defesa do ministro argumentam que os erros no Enem 2019 não são inéditos, e são menos preocupantes do que as falhas nas edições passadas:

Nas publicações, Weintraub é celebrado por combater a “ideologia Marxista” no Ministério da Educação:

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), descrito como “senador do DPVAT”, foi um dos que rebateram o ministro durante a audiência e é alvo de críticas de seus apoiadores: