Harry Styles, Celeste e Lianne La Havas brilham em premiação para compositores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Cantor Harry Styles
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Mindy Burrows

LONDRES (Reuters) - Os cantores Harry Styles, Celeste e Lianne La Havas triunfaram na premiação Ivor Novellos, em Londres, nesta terça-feira, conquistando prêmios na cerimônia anual que celebra compositores de canções e trilhas sonoras.

Mais da metade dos vencedores ganhou pela primeira vez um Ivor, incluindo La Havas, que ganhou o prêmio de melhor álbum por seu disco homônimo, construído com o musicista e produtor Matthew Hales.

Os organizadores do prêmio, a Ivors Academy, descreveu o disco como um "um álbum conceito brilhante, com um ciclo de canções que descreve os estágios de uma relação do início do romance ao fim".

"Eu estou muito feliz, eu não posso acreditar", disse La Havas à Reuters.

Celeste e o produtor Jamie Hartman venceram na categoria Compositor do Ano para um catálogo de canções que inclui "Stop this Flame", "I Can See the Change", "Little Runaway", "Love is Back" e "A Little Love".

"Adore You" venceu o prêmio de obra mais apresentada para Harry Styles e os co-compositores Amy Allen, Tyler Johnson e Kid Harpoon.

O prêmio de melhor canção (música e letra) foi para o artista musical nigeriano Obongjayar e para o músico Barney Lister por "God’s Own Children".

A 66ª edição da premiação também viu Roland Orzabal e Curt Smith, da dupla Tears for Fears, conhecida por sucessos dos anos 1980 como "Shout" e "Everybody Wants to Rule the World", serem reconhecidos na categoria de coleção excepcional de canções. O duo deve lançar seu primeiro disco em 17 anos nos próximos meses.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos