Halle Bailey, a nova Pequena Sereia, cala racistas em entrevista

Getty Images
Getty Images

Aos 22 anos, Halle Bailey está prestes a fazer história ao interpretar um icônico papel originalmente branco: a Pequena Sereia. Porém, a protagonista do live-action precisou encarar uma legião de haters online que não ficou satisfeita com a sua escalação. A boa notícia, no entanto, é que a artista tem combatido o racismo com (muito) talento!

"Eu quero que a garotinha em mim e as garotinhas como eu que estão assistindo saibam que são especiais e que devem ser princesas em todos os sentidos. Não há nenhuma razão para que eles não devam ser. Essa garantia era algo que eu precisava", disse Halle, em uma entrevista à Variety em celebração aos jovens mais poderosos de Hollywood.

Calando ainda mais os comentários preconceituosos, Halle matou com bondade ao citar como seus avós contribuíram para que ela encarasse a situação. Segundo a atriz, eles compartilharam memórias de racismo e discriminação que enfrentaram ao longo da vida: "Foi uma coisa inspiradora e bonita ouvir as palavras de encorajamento, me dizendo: 'Você não entende o que isso vai fazer por nós, por nossa comunidade, por todas as meninas pretas e pardas que vão se ver em você'."

A irmã de Halle, Chloe Bailey, com quem tem uma bem-sucedida dupla musical, também apoiou a atriz incondicionalmente. "É importante ter um forte sistema de apoio ao seu redor. É difícil carregar o peso do mundo sozinho", disse a intérprete do hit "Have Mercy".

...

Leia +


Leia +

Victoria Justice relembra "Victorious" e Nickelodeon em nova entrevista: "Sempre serei grata"
Live-action de "A Pequena Sereia" vai mesmo acontecer e diretor dá novas informações
A cantora Halle Bailey dará vida à Ariel na versão carne e osso de "A Pequena Sereia"