Haircare: shampoos criados com inteligência artificial e produtos naturais ganham destaque

Baárbara Martinez
·4 minuto de leitura
Hair and body care. Young happy woman in white towel applying conditioner mask on hair in bathroom, mirror reflection. Slim sexy woman with natural skin enjoying spa and wellness, relaxing
Hair and body care. Young happy woman in white towel applying conditioner mask on hair in bathroom, mirror reflection. Slim sexy woman with natural skin enjoying spa and wellness, relaxing

Com os salões de beleza fechados, devido ao lockdown estabelecido em algumas cidades brasileiras, as pessoas passaram a assumir os tratamentos capilares em casa. Neste momento, muitas exaltaram as cores naturais do cabelo, estão em processo de transição capilar, ressaltando o branco de seus fios, ou querendo que o cabelo cresça de forma rápida e saudável, entre outras necessidades.

Estando em casa, as mulheres estão procurando ressignificar sua verdadeira beleza. “A maioria [das mulheres] não teve acesso a serviços em salões e desta forma passaram a olhar para a beleza real, fugindo dos padrões impostos pela grande indústria”, comenta Pedro Nunes, criador da MeuQ, startup brasileira focada em personalização de produtos para cabelos.

Leia também

Desta forma, a procura por produtos específicos, com qualidade profissional e personalizável cresceu tanto, que o termo ‘haircare’ encontra-se atualmente ao lado do ‘skincare’. Afinal de contas, ninguém quer só mais um banho, e sim um tratamento revigorante e descomplicado.

Para atender esse nicho sedento por praticidade, marcas investem em traçar o perfil capilar de cada pessoa e seus objetivos através de um quiz online. “Produtos personalizáveis, beauty gadgets e inteligência artificial já são uma realidade, mas muito mais está por vir”, ressalta Julia Curan, consultora na WGSN, e a FOREO, empresa sueca de beauty gadgets.

Com esse novo modo de negócio, é viável traçar o perfil biológico de cada cliente. “É possível conhecer profundamente suas preferências, o que ela espera atingir com o produto e o feedback após a compra online e o uso, o que a indústria não consegue fazer, esse contato tão direto com o cliente”, ressalta o Pedro.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Após as respostas do quiz, a fórmula dos produtos apresenta o tratamento exato de acordo com os desejos do comprador. Além de conhecer o tipo de cabelo, é possível tratar da estrutura capilar, couro cabeludo, os objetivos de hidratação, nutrição, proteção de cor, volume e definição de cachos. “O cliente recebe um produto único, criado a partir de suas preferências e características específicas”.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Compra online

Outro desfio é vender um produto palpável, que envolva textura e cheiro, de forma 100% online. “Esse é realmente um grande desafio, despertar os cinco sentidos de forma digital, porém o consumidor tem se mostrado cada vez mais aberto a essa experiência. A pandemia de certa forma ajudou a quebrar os preconceitos e medos em relação à compra online”, comenta Rodrigo Stoqui, sócio da JustForYou, criada em 2018.

Além disso, a empresa, 100% cruelty free, privilegia o uso de matérias-primas naturais brasileiras à base de plantas e frutas, como amido de tapioca, óleo de coco, manteiga de manga e kiwi líquido. Outro diferencial é o conceito “fresh made”, com fórmulas produzidas poucos dias antes da entrega à cliente, garantindo que os ativos estejam “frescos”.

Desta forma, entende-se que o ‘novo normal’ seja o consumidor cuidar por conta própria do seu cabelo. “Crescemos 22 vezes de janeiro a dezembro de 2020 e aumentamos nossa base de colaboradores em 10 vezes”, revela Rodrigo.

Já a MeuQ, só no ano passado, criou mais de 30 mil fórmulas únicas. “Para este ano, pretendemos crescer de três a quatro vezes esses números”, comenta um dos sócios.

Diversas opções

Surfando desta mesma onda, veio a GE Beauty, criada por Camila Coutinho. Entretanto, a marca da influencer, conta com um único shampoo, uma máscara condicionante (que funciona tanto como condicionador, quanto máscara) e um leave-in finalizador. Todos os produtos já possuem ativos de tratamento e podem ser usados sozinhos.

Entretanto, a customização pode ser feita com os 4 booster com ativos 100% puros. A proposta é colocar as gotas dos boosters de hidratação, definição, antioxidante ou fortalecedor, nos produtos para transformá-los com ativos específicos e criar diferentes funções.

"Queremos que cada um possa dar ao seu cabelo exatamente o que ele precisa. Por exemplo: tem dias que queremos mais hidratação ou definição, em outros, sentimos que o cabelo precisa de mais força ou daquela proteção potente contra a poluição, e por aí, vai. O importante é que isso seja com todo o conforto e a confiança que merecemos nos dar”, explica Camila.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Para aquelas que não abrem mão das marcas tradicionais, a Kérastase acaba de reformular a linha Chronologiste, que antes era comercializada somente em salões e agora está a venda em diversos e-commerces. Como principal resultado, a coleção promete revitalização e regeneração capilar para todos os tipos de cabelo e couro cabeludo.