Em entrevista com Hadson, do 'BBB 20', Patrícia Poeta diz que "jogo tem limite" e é elogiada

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Globo
Foto: Reprodução/Globo

Eliminado do ‘BBB 20’ na noite de terça-feira (11), Hadson foi entrevistado por Patrícia Poeta e Fabrício Battaglini no ‘Mais Você’ desta quarta (12). Durante o bate-papo com o ex-BBB, a apresentadora ficou entre os assuntos mais comentados das redes sociais por ter sido firme com o participante.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Logo no começo, Patrícia e Fabrício questionaram Hadson sobre a estratégia dos homens de se aproximarem de mulheres compromissadas para prejudicar a imagem delas com o público. Após exibir um vídeo que mostra uma conversa dos rapazes articulando o plano, Patrícia disse que “jogo tem limite” e perguntou porque Hadson não admitiu a estratégia enquanto ainda estava dentro da casa.

Leia também

“Não é questão de admitir. Eu omiti uma informação que não lembrava. Já tinha passado uma semana... A gente vive numa intensidade lá. Antes mesmo de entrar, nas conversas pré-BBB, a gente é orientado a esquecer das câmeras. Chega lá dentro a gente esquece”, argumentou ele.

Incisiva, Patrícia rebateu o participante. “Você planejou uma coisa para o Brasil ver, mas não se tocou que o Brasil ia ver que vocês estavam planejando um ‘plano esquisito’. Se a gente analisar por outro lado...”, disse ela, deixando Hadson sem graça. “Juro que não lembrava. É intenso, uma coisa louca. O que vivi lá dentro foi surreal. Lá você não tem nada para fazer e fica só falando”, justificou.

Nas redes sociais, o público aprovou a postura de Patrícia Poeta. Muitos elogiaram a jornalista por também ter explicado o que significa sororidade. “É a aliança entre as mulheres baseada na ideia de que as mulheres devem ser unidas e parar de repetir opiniões preconceituosas sobre elas mesmas. Sabe aquela coisa de dizer que as mulheres são fofoqueira e competitivas? A ideia não é essa. É praticar sororidade e parar de incetivar rivalidade entre o gênero feminino”, afirmou.

Confira a repercussão: