Gusttavo Lima e Ludmilla são criticados na web por festa com aglomeração no Rio

·2 minuto de leitura
O cantor Gusttavo Lima. Foto: reprodução/Instagram/gusttavolima
O cantor Gusttavo Lima. Foto: reprodução/Instagram/gusttavolima

Resumo da notícia

  • Gusttavo Lima, Ludmilla e Mumuzinho foram criticados nas redes sociais após evento com aglomeração

  • Vídeos de apresentações dos artistas em festa para 500 pessoas no Copacabana Palace viralizaram

  • Internautas apontaram hipocrisia dos artistas, em meio a mais de 430 mil mortos na pandemia

Os nomes de Gusttavo Lima, Ludmilla e Mumuzinho amanheceram entre os assuntos mais comentados do Twitter neste sábado (15) após vídeos de shows dos cantores em uma festa no hotel Copacabana Palace, no Rio, viralizarem nas redes. Os internautas criticaram o fato de os artistas terem se apresentado para uma festa de 500 convidados, segundo o site Metrópoles, durante o auge da pandemia de Covid-19 no país.

De acordo com a publicação, Alexandre Pires também é um dos convidados do evento organizado pela promoter Carol Sampaio para a comemoração do aniversário do bicheiro Adilson Coutinho de Oliveira.

Leia também:

Os artistas não publicaram registros dos shows, mas Gusttavo mostrou nos Stories do Instagram um vídeo em que aparece fazendo um teste PCR na sexta-feira (14), além de um bate-papo com amigos à beira da piscina do hotel. Já Alexandre compartilhou a vista da sacada do quarto onde estava hospedado.

Na tarde deste sábado, Carol Sampaio se pronunciou sobre o assunto. Ela afirmou que não esteve presente nem fez a lista de convidados da festa. "Isso não é verdade, estava em casa dormindo. A minha empresa tem um braço de cerimonial que foi contratada pra entregar a produção de uma festa de aniversário dentro dos moldes permitidos pela OMS [Organização Mundial da Saúde], que é 40% [da capacidade] em festas não comerciais", afirmou a promoter, acrescentando que o espaço, que comporta 1.800, recebeu 480 convidados.

Nas redes sociais, muitas pessoas se indignaram com a realização do evento e acusaram os artistas de hipocrisia por se manifestarem sobre as mais de 430 mil vítimas fatais da pandemia, incluindo o ator Paulo Gustavo, que faleceu por complicações de Covid-19 no último dia 4.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos