Gusttavo Lima diz que família e logística são justificativas para ausência na Globo

FÁBIO LUÍS DE PAULA
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 04.11.2014: O cantor sertanejo Gusttavo Lima. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Gusttavo Lima, 30, resolveu valorizar mais seu tempo em família. Essa é a explicação do cantor para sua ausência nos programas de TV da Globo, onde a sua última aparição foi em julho de 2018. "Não tem nada específico nessa história, é uma questão de logística mesmo", explicou o cantor em conversa com a reportagem.

Como vive em Goiânia, Gusttavo diz que é difícil o traslado para Rio de Janeiro e São Paulo, onde geralmente são realizados os programas. "Está sendo uma barra para mim sair de casa. Para gravar, eu perco um dia inteiro, ou mais, [em] que eu poderia estar com meus filhos e convivendo com a minha família. Faço de 25 a 30 shows por mês, canto de terça a domingo. Às vezes, eu só tenho um dia de folga na semana. Ficou muito inviável para mim."

Em seu tempo livre, Gusttavo Lima quer aproveitar e estar com os filhos pequenos, Gabriel, 2, e Samuel, 1, frutos de seu casamento com a modelo Andressa Suita, 31. "Os dois são grudados em mim, e eu tenho que sair de casa escondido, todos os dias. Se me virem saindo e eu der tchau para eles, choram de perder o fôlego!"

Apesar do discurso, na semana passada, quando esteve em São Paulo para lançar seu novo DVD, "O Embaixador in Cariri", Gusttavo Lima gravou uma participação no Programa do Ratinho (SBT), que foi exibido na noite desta quarta (18). 

"Hoje vai fazer uns dois anos que eu não faço programa de televisão, com exceção do Ratinho que gravei agora em dezembro. Como já estaria em São Paulo, resolvi ir. Ratinho tem uma rede de rádios gigantesca e foi um dos primeiros a me ajudar e apostar em mim. Tenho um grande carinho por ele", diz.

O sumiço foi notado por público e jornalistas desde que o sertanejo trocou a gravadora Som Livre -que pertence ao Grupo Globo- pela Sony Music, em julho de 2019. Para completar o aparente cenário de rejeição à emissora carioca, o sertanejo não compareceu ao Prêmio Multishow nem ao Caldeirão de Ouro, de Luciano Huck, deste ano. 

"No dia da gravação [do Caldeirão de Ouro], teve o batizado do Samuel. Sou super conservador com essa questão, pela forma com a qual meus pais me educaram e me criaram, e acho o batizado de um filho muito importante. A Globo foi uma emissora que me ajudou e me apoiou muito. Sou muito grato."

DVD VIRTUAL

Segundo Gusttavo Lima, depois que os filhos crescerem mais um pouco, a presença na TV deve voltar. Outro fato relevante da situação é o alto alcance do sertanejo nas redes sociais. "O Embaixador in Cariri", por exemplo, foi disponibilizado inicialmente apenas online para os fãs. 

Das 17 faixas do oitavo DVD da carreira do artista, quase todas já estão disponíveis no YouTube. Os vídeos somam quase 200 milhões de visualizações, e, na plataforma de música Spotify, suas composições já contam com mais de 30 milhões de streams. 

Lima começou a estourar no mercado fonográfico em 2009, com a música "Rosas, Versos e Vinhos". Depois disso, seu nome ficou bastante conhecido e ele angariou um público enorme e fiel. Só no Instagram, seu perfil é seguido por mais de 25 milhões de pessoas, que acompanham não só sua carreira, mas também seu cotidiano.