Ex-companheiro move ação contra Thiago Salvático, suposto amante de Gugu

·1 minuto de leitura
Guilherme Stangherlin move ação contra Thiago Salvático. Foto: Reprodução/Instagram @guilherme.stangherlin e @salvatico.thiago
Guilherme Stangherlin move ação contra Thiago Salvático. Foto: Reprodução/Instagram @guilherme.stangherlin e @salvatico.thiago

Resumo da notícia

  • Ex-companheiro de Thiago Salvático diz que quer abrir uma nova ação contra o chefe de cozinha

  • Guilherme Stangherlin quer que o relacionamento com o chefe seja reconhecido pela justiça alemã

  • Ele também quer que os bens do casal sejam divididos

O empresário Guilherme Stangherlin revelou que vai abrir um novo processo contra Thiago Salvático, suposto amante de Gugu Liberato, na Alemanha. A decisão foi revelada por Guilherme à coluna de Léo Dias. 

Thiago e Guilherme tiveram uma relação que durou cerca de 5 anos e foi reconhecida pela justiça brasileira como “contínua e duradoura”. O relacionamento teria acontecido ao mesmo tempo em que Gugu e Thiago supostamente estiveram juntos.

Leia também:

A ação original foi movida por Guilherme para rebater a negativa de Thiago sobre a relação dos dois. Na época, ele afirmava que Guilherme era apenas seu funcionário e que nunca tiveram envolvimento amoroso.

Agora, o empresário quer abrir uma nova ação — desta vez na Alemanha, onde viveu com Salvático — para que seu relacionamento seja reconhecido e os bens do casal, divididos. 

“Já contratei um advogado aqui na Alemanha, onde vivi com Thiago, e o processo seguirá com o mesmo objetivo. Primeiramente, eu peço o reconhecimento da nossa união e a partilha de patrimônios, uma indenização por ele [Thiago] estar, por todo este tempo, administrando os nossos bens sem que eu receba algo”, contou Guilherme à coluna. 

Os bens citados pelo empresário seriam duas sorveteria na Alemanha, móveis e imóveis que ambos adquiriram juntos, mas estariam sob administração de Thiago. 

Guilherme e Thiago se conheceram em 2016 e mantiveram um relacionamento até maio de 2020. O empresário diz que não tinha conhecimento do suposto envolvimento do companheiro com Gugu, com quem teria ficado por 8 anos, até a morte do apresentador em novembro de 2019. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos