Justiça concede pensão de R$ 56 mil, ou US$ 10 mil, para 'viúva' de Gugu Liberato

·2 min de leitura
Rose Miriam voltará a receber os 10 mil dólares que recebia quando Gugu era vivo (foto: reprodução / instagram @rosemiriamoficial)
Rose Miriam voltará a receber os 10 mil dólares que recebia quando Gugu era vivo (foto: reprodução / instagram @rosemiriamoficial)

Resumo da Notícia:

  • A mulher esteve ao lado de Gugu Liberato por 19 anos e é a mãe dos três filhos dele 

  • Rose Miriam estava em casa quando o apresentador caiu do forro e prestrou os primeiros socorros

  • Ela luta na justiça para ser reconhecida como esposa e ter direito a parte da herança que ele deixou

Após quase três anos de uma batalha judicial, Rose Miriam di Matteo, a ex-companheira de Gugu Liberato, terá direito a uma pensão após a morte do apresentador. O Tribunal de Justiça de São Paulo a concedeu o direito de receber R$ 10 mil por mês.

A decisão é endereçada aos administradores do espólio do apresentador que morreu em novembro de 2019. Ela luta para ser reconhecida como esposa e companheira dele após ter passado os últimos 19 anos ao seu lado e ser mãe dos seus três filhos. Com o fato, ela espera ser reconhecida na herança avaliada em R$ 1 bilhão na época da morte.

Leia também:

Em testamento, lavrado em 2017, Liberato deixou 75% de todos os bens para os filhos e 25% a cinco sobrinhos. A inventariante, também designada pelo documento, é sua irmã, Aparecida Liberato. A informação foi confirmada por Nelson Wilians, advogado de Rose.

O valor é o mesmo que Gugu enviava mensalmente para a mulher administrar as despesas da casa e dos filhos em Orlando, nos Estados Unidos, onde moravam. O valor deve ser pago enquanto a decisão sobre o reconhecimento da união estável não é julgado.

A decisão frisa que o valor é o que o falecido havia determinado para a criação dos filhos, que ainda moram com a mãe, e deve ser usar usado para cobrir as despesas pessoais e domésticas dos quatro. A decisão foi lavrada após o espólio do apresentador reduzir a pensão para cerca de US$ 7 mil, ou R$ 39 mil.

“Há inversão e distorção dos fatos que estão sendo divulgados. O Tribunal de Justiça de São Paulo negou o pedido do Espólio para suspender o valor que é recebido por Rose Miriam desde o início do ano passado (2020), bem como negou ainda o pedido de prestação de contas e compensação de valores", disse o advogado ao “UOL”.

O dinheiro deve ser enviado a parte do custeio do espólio com empregados, educação, lazer, saúde física, mental e dentária dos herdeiros. Os dois são pais de João Augusto e as gêmeas, Sofia e Marina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos