Guarda florestal é jogado em lago após pedir distância entre frequentadores de parque

(Foto: Getty Images)

Um guarda florestal foi empurrado na direção de um lago ao solicitar que visitantes de um parque mantivessem distância uns dos outros. O caso aconteceu na tarde da última quinta-feira no Commons Ford Ranch Metro Park, em Austin, no estado do Texas, Estados Unidos. O caso foi parar na polícia e o agressor, identificado como Brandon Hicks, de 25 anos, foi acusado por tentativa de agressão a um funcionário público, um crime que prevê prisão no estado.

De acordo com o depoimento do guarda-florestal Cassidy Stillwell, havia "uma multidão de pessoas, bebendo e fumando em uma doca perto do lago Austin". Um vídeo publicado nas redes sociais mostra que Stillwell se dirige ao grupo e pede para todos "dispersarem", porque não estavam mantendo distância física de mais de um metro e meio. Alguns respondem como "farei isso", mas as instruções são interrompidas no momento em que ele é empurrado.

Leia também

O advogado Mark Hull, que representa Brandon Hicks, disse em comunicado enviado à CNN que espera ter a possibilidade de contar o lado de Hicks na história. Segundo Hull, seu cliente pagou uma fiança de US$ 7.500 e deve ser julgado no dia 19 de junho. A sentença ode variar de 180 dias a dois anos de prisão.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

"Ele está envergonhado com suas ações e tem o maior respeito pela aplicação da lei, particularmente durante esses tempos sem precedentes", afirmou o advogado.

Uma testemunha que não quis se identificar defendeu o guarda:

- Ele estava apenas nos dizendo para nos separarmos para manter distância e, honestamente, estava sendo super razoável e compreensivo - disse à CNN.

Kimberly McNeeley, diretora de parques e recreação de Austin, disse que o apoio público é essencial para os funcionários enfrentarem os desafios da pandemia.

"Pedimos que o público trate os guardas florestais com o mesmo respeito que deseja que sejam mostrados", disse ela em comunicado.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.