1 / 6

Amigas celebram 40 anos de amizade câncer

Reprodução/Sharon Johnson/ABC News

Grupo de mulheres celebra 40 anos de amizade com homenagem para amiga vítima do câncer

Não existe nada mais doloroso do que perder alguém que amamos e para este grupo de amigas americanas, essa dor foi transformada em algo positivo. Amigas há 40 anos, elas celebraram o aniversário de amizade com uma viagem para Florida.

Leia mais: Grupo de 5 amigos recria a mesma foto por mais de 30 anos e fazem sucesso na internet

A parte triste é que uma das integrantes do grupo perdeu a batalha contra o câncer de ovário em abril deste ano, deixando o sexteto desfalcado. Elas resolveram então homenagear a amiga “levando-a” com elas por todos os lugares da viagem.

Robinson, Williamson, Della Jackson, Daphne Thompson, Lisa Alexander e LaTangie Ingram sempre se chamaram de “sexteto sensacional” e se conhecem desde a época da escola. “Passamos por muitas coisas nesses 40 anos. Tivemos nosso aniversário de 50 anos, enfrentamos a morte de familiares, marido, passamos por câncer de mama (e temos uma sobrevivente), sem contar formaturas e casamentos”, conta Robinson.

Quando Williamson contou para o grupo que estava com câncer em julho de 2016, todas se mantiveram positivas em relação a sua recuperação. Mas a preocupação veio quando seu quadro piorou e ela convocou uma chamada em vídeo com as companheiras para dar a má notícia.

“Ela foi em um hospital especializado em câncer no Texas e eles não quiseram tratá-la. Não havia mais nada que pudessem fazer por ela”, relembra Jackson. A notícia veio alguns meses antes da viagem que haviam planejado para marcar os 40 anos juntas.

Infelizmente, Williamson faleceu dois meses antes da data marcada para o passeio. As amigas então decidiram levam uma foto da amiga na viagem, como forma de tê-la perto. Além disso, elas vestiram camisetas e braceletes da amizade na cor azul, que representa o câncer de ovário.

Leia mais: Mulher encontra amigo de infância morando na rua e ajuda a transformar sua vida

“Ela estava tão animada em estar aqui. Mesmo depois da má notícia, ela se manteve firme em viver a vida por completo. Ela era uma lutadora e não poderíamos deixá-la fora desse momento”, diz Jackson.