Grupo de K-pop Blackswan ganha segunda integrante brasileira

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A catarinense Gabriela Dalcin, 19, é a mais nova integrante do Blackswan, um dos grupos de k-pop mais famosos da Coreia do Sul. Com isso, ela passa a ser a segunda membro brasileira -ao lado da curitibana Leia- no grupo, formado por cantoras de várias nacionalidades.

"A Gabi está muito feliz, é o que ela sempre sonhou. Nós estamos orgulhosos como pais e ficamos muito emocionados", diz Mauren Strassburger, mãe da brasileira, que está longe da família desde dezembro do ano passado.

A empresa sul-coreanada de entretenimento DR Music anunciou oficialmente o resultado do concurso, na última quinta-feira (26). Gabriela e a indiana Sriya Lenka, 18, superaram 4.000 candidatas e estão há seis meses em treinamento no país asiático.

"Sriya Gabi foram finalmente selecionadas como membros do Blackswan depois de participarem no programa de audição global nos últimos seis meses. Com a estreia delas, estaremos de volta com o novo Blackswan", diz o comunicado da DR Music nas redes sociais.

Na Coreia do Sul, desde dezembro as duas novas integrantes do Blackswan dividiam o tempo entre aulas de coreano e treinamento de dança e canto, em uma rotina intensa que começava de manhã e terminava à noite. Elas pensavam que disputariam uma única vaga no grupo de k-pop, mas foram surpreendidas com a contratação de ambas.

Mauren conta que a filha e Sriya criaram um vínculo muito forte e se apoiaram constantemente durante o treinamento, o que acabou se transformando em uma amizade bonita. "Cada uma fazendo o seu melhor e a evolução foi grande. Cumpriram todas as etapas exigidas no treinamento ", diz a mãe, orgulhosa.

Gabriela começou a se interessar por música aos nove anos quando iniciou as aulas de teatro musical e teve que cantar, dançar e atuar. "Depois de alguns anos da minha vida, notei que o que realmente me faz feliz é cantar", disse em entrevista ao F5, em março deste ano.

O interesse pelo K-pop começou em 2016 quando foi apresentada por amigos ao gênero musical originado na Coreia do Sul -antes disso, seu foco estava na ópera e no pop. Segundo ela, foi incrível ver como os astros de K-pop cantam e dançam ao mesmo tempo, e sempre intensamente. "Então, eu decidi como artista que quero fazer o mesmo."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos