Gretchen fala de superação, casamentos abusivos e alcoolismo do pai: "Agressivo"

Gretchen (Foto: Reprodução/Youtube Gretchen)

Gretchen usou seu canal no Youtube nesta quarta-feira (21) para falar sobre superação - "Lições que a vida me ensinou". A eterna rainha do rebolado relembrou alguns traumas de sua vida e como fez para superar diversos episódios.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Ela começou o vídeo relembrando as dificuldades que sofreu na infância, por conta da violência do pai que era alcoólatra.

"Foram várias coisas que tive que superar nessa vida. Comecei superando o alcoolismo do meu pai, alcoólatra e extremamente agressivo. Ele batia muito na minha mãe, eu era a filha mais velha e não concordava de jeito nenhum com tudo isso. Fazia de tudo para que ele não a agredisse, tomava a frente. Me colocava na frente dela, defendia ela o tempo todo. Já era brava desde novinha, como vocês perceberam. Tinha uns 12 anos", disse ela.

Leia também:

Depois, ela relembrou que sofreu assédio sexual no início da carreira e que sempre se livrou de contratos de trabalho que traziam 'pedidos a mais'.

"Tive que começar a me defender sozinha numa carreira onde sempre existiu o assédio sexual. Nunca quis me envolver com esse tipo de coisa. Tive um divulgador que me ensinou que se eu fizesse com um, teria que fazer com todos, e um dia isso acabaria e meu sucesso também acabaria. Fora isso, meus princípios também nunca permitiram esse tipo de atitude."

Ela ainda fala sobre superar traições de todos os casamentos que passou. “Era uma menina que acreditava em sonhos, em casamento perfeito, que ia casar com príncipe encantado, que ele ia me tratar como uma princesa. Sofri violência doméstica, tive casamentos péssimos”, diz a cantora.

Gretchen conclui que sempre se apegou demais aos filhos e que tentou superar todos seus traumas. "Foquei em ter condições financeiras para que meus filhos nunca passassem nada, nenhum problema, e que tivessem o mínimo e mais importante de mim, que é o estudo."