Gretchen decide ir embora do Brasil após problemas com vizinhos em Belém

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.04.2018 - A cantora Gretchen. (Foto: Marcus Leoni/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.04.2018 - A cantora Gretchen. (Foto: Marcus Leoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Cansada de brigar com vizinhos e com uma oficina mecânica que fica ao lado de sua casa em Belém (PA), a cantora Gretchen, 63, decidiu que abandonará o Brasil e voltará a morar em Portugal nas próximas semanas. A revelação foi feita por ela em carta aberta em suas redes sociais após, mais uma vez, denunciar que pessoas têm estacionado carros na frente de sua garagem sem permissão.

Dessa vez, segundo ela, foram policiais quem pararam a viatura na frente da oficina mecânica para trocar um dos pneus. Após uma tentativa de conversa, Gretchen conta que não foi respeitada e, por isso, decidiu antecipar seu retorno ao país europeu.

"Dado os fatos ocorridos essa semana com grande abuso de poder de quem deveria nos proteger, reformulei minha agenda de trabalho e resolvi adiantar minha viagem", disse, ao também informar que o marido, o saxofonista Esdras, passou no mestrado de musicoterapia, numa faculdade de Lisboa.

"Desde sempre aprendi que respeito vem de berço, educação é algo que independe de classe social. Onde quer que eu esteja, vou sempre prezar por respeito e justiça. Quero deixar mais claro ainda que não tenho medo de ninguém, nem mesmo da polícia", emendou a cantora.

Gretchen aponta que essa não foi a primeira nem seria a última vez que teria de discutir com gente que para o carro na frente de seu portão. Por cansaço, prefere parar de discutir em prol de sua saúde mental.

"Posso me permitir renovar as energias em um lugar onde me respeitam. Por aqui o direito de ir e vir é ferido. Nunca esbravejei por desequilíbrio ou por mídia, só fui a voz de muitos que passam por isso, tamanha dor de cabeça."