Gretchen acusa vizinhos de violência psicológica: "Vou entrar na justiça"

Após críticas, Gretchen mostrou excesso de pelos; entenda condição (Foto: Divulgação Globo/Marcos Mazini)
Gretchen em entrevista (Foto: Divulgação Globo/Marcos Mazini)

Gretchen, agora moradora de Belem do Pará, usou suas redes sociais para afirmar que está sendo vítima de violência psicológica port parte de seus vizinhos. De acordo com a cantora, os funcionários de uma oficina mecânica que fica ao lado de sua casa insistem em trabalhar na frente de sua garagem, o que a impede de sair de carro.

"Eu já tentei de tudo, pela amizade, pela conversa, e não está dando certo. Vou colocar as imagens da cara de pau deles se continuarem atendendo as pessoas na porta da minha garagem", declarou ela, que afirmou que os funcionários gritaram ofensas e xingamentos para ela diante das reclamações.

"As pessoas vão aprender a respeitar as leis e aprender a me respeitar. Eu não vou mudar de casa, porque não vou me mudar. Não quero que ninguém pare de trabalhar, mas eu quero ter a liberdade de ir e vir a hora que quiser. Sem esperar um carro ser atendido. Não tem mais perdão, sou cidadão, pago meus impostos, a casa é minha e o IPTU é caro", completou.

Herança

Gretchen, 63, fez uma revelação que surpreendeu seus fãs. Ela contou que já reuniu os sete filhos e avisou que não pretende deixar nenhum tostão como herança. Casada desde setembro de 2020 com o saxofonista Esdras de Souza, o 18º marido, a cantora avisou que pretende gastar tudo antes de morrer. Ela não detalhou o valor da fortuna estimada.

"Eu sou de gastar e não guardo nado. Às vezes, reúno eles [os filhos] e falo: 'Tratem de trabalhar, porque não vou deixar nada para ninguém. Antes de morrer, gasto tudo'", garante uma das musas dos anos 80.

A cantora também assumiu em entrevista ao apresentador Maurício Meirelles, da Rede TV!, que apesar dos haters, ela agradece a internet sobre a mudança de percepção do público em relação a seu trabalho. Gretchen acredita que, hoje, é vista com mais respeito como mulher, mãe e profissional da música.

"Antigamente os programas de televisão não tinham esse tempo todo que estamos tendo, eram dez minutos de entrevista, musical e, pronto, vai embora. Então, eu era conhecida como a mulher que 'casa várias vezes', que 'não para com marido nenhum' e que 'rebola'. Agora é diferente", explica ela.

*Com informações da Folhapress

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos