Grêmio e Inter ficam no zero pela Libertadores com oito expulsões

Lance de Moisés e Pepê, que ocasionou a briga causadora de oito expulsões. Foto: Lucas Uebel/Getty Images

Na primeiro clássico gaúcho da história da Libertadores, os rivais Grêmio e Internacional ficaram no 0 a 0 com a Arena do Grêmio lotada. No fim da partida, uma confusão acabou com oito expulsos. Os dois times haviam vencido na primeira rodada. Lembrando que a Libertadores está suspensa na semana que vem por causa do coronavírus.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Como esperado, a partida foi bem quente. No primeiro tempo, apesar da alternância de domínio, o Inter teve as duas melhores chances de gol, mas não abriu o placar. Em uma delas, Gabriel Boschillia perdeu cara a cara, enganado por quique estranho no gramado.

Leia também:

No segundo tempo, houve duas chances claras para cada lado. Pelo Inter, foram duas bolas na trave: a primeira com Edenilson, de fora da área, e a segunda de Gabriel Boschillia na saída do goleiro, depois de ótima tabela com Guerrero. Porém, o Pepê, que entrou no segundo tempo, também teve boa chance após ótima jogada individual. Já no final, Luciano saiu cara a cara com Lomba, mas tentou a cobertura e mandou para fora.

Aos 39 minutos do segundo tempo, houve uma briga em campo e, depois de quatro minutos de confusão, o árbitro expulsou quatro jogadores: Luciano e Pepê, do Grêmio; e Edenilson e Moisés, do Inter. A briga continuou depois dos cartões por mais quatro minutos. Com isso, o árbitro expulsou mais dois de cada lado: Caio Henrique e Paulo Miranda (no banco), do Grêmio, e Victor Cuesta e Praxeles (no banco).

Com o total de 12 minutos paralisação, os times voltaram a campo com oito jogadores de cada lado. O Grêmio tomou a iniciativa, conseguiu uma bola na trave com Lucas Silva aos 59 minutos, mas jogo ficou mesmo no 0 a 0.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.