Grêmio "comemora" saída de Caio Henrique e nega interesse em Diogo Barbosa

Caio Henrique disputou apenas cinco jogos pelo Grêmio. Foto: Maxi Franzoi/AGIF

Caio Henrique não jogará mais pelo Grêmio e retornará ao Atlético de Madrid, clube que detém seus direitos econômicos. O lateral/meia disputou apenas cinco jogos pelo tricolor gaúcho e voltou para a Espanha, em razão de uma cláusula contratual de liberação imediata, mesmo com empréstimo até dezembro.

O blog fez contato com uma pessoa da diretoria gremista e ouviu que o Grêmio não lamentou tanto a saída do atleta.

“A pandemia mudou tudo. Se está muito difícil para nós, que estamos bem organizados, imagine para os outros? Nós não queríamos que o Caio Henrique fosse embora, mas já que ele foi, achamos ótimo pois são alguns milhões que vamos poupar(R$ 5 milhões). Estamos contando os centavos no dia a dia, brigando para não ter prejuízo este ano. Se a gente se mantiver saudável, será muito importante para competir em 2021”, afirmou este integrante da direção ao blog.

Para o lugar de Caio Henrique, a diretoria estaria interessada em Diogo Barbosa, lateral-esquerdo do Palmeiras, algo desmentido pelo membro tricolor.

“Diogo Barbosa é um ótimo jogador, mas não dá para pensar em contratação neste momento, não é justo. Não dá para querer redução de salários e despesas e no outro lado, gastar em contratação. Seria uma irresponsabilidade com nossos profissionais”, concluiu.

O Grêmio tem Cortez como principal nome da lateral-esquerda e Guilherme Guedes como opção.